Canário fala sobre sua passagem pela Secretaria da Cultura, Turismo e Esportes

Desempenhando interinamente as funções de Secretário Municipal da Cultura, Turismo e Esportes, o vereador Sérgio Airoldi (Canário), conversou com a reportagem da FOLHA PATRULHENSE sobre esta experiência em sua vida pública.
Para o político, a troca de experiência com o Executivo foi algo engrandecedor, em especial por entender melhor os processos, o quanto são morosos e que não dependem apenas de boa vontade e empenho. “Mesmo com todo esforço, dependemos de disponibilidade de recursos, respeitar os processos, muitas vezes morosos, mas previstos pela legislação. Penso que seria importante que esses processos fossem conhecidos por todo cidadão, e que na grande maioria das vezes há um desencontro entre o tempo da necessidade com o tempo da disponibilidade. Mesmo havendo planejamento e projetos estruturados, seu desenvolvimento, viabilidade e implementação dependem de um trabalho burocrático, legal”.
SITUAÇÃO ATUAL
Sobre a situação atual daquela Secretaria, o secretário afirma ter constatado que a Pasta está bem estruturada em termos de recursos humanos. O grupo é entendedor do assunto e das medidas necessárias para que se execute boas ações da secretaria. “A pasta está numa crescente, compreendendo espaços como praça CEU, Parque Caetano Tedesco, Lagoa, dentre outros, sendo necessário investimento para melhor atender as demandas”, afirma Canário, para afirmar que, no entanto, vê que a administração entende essas necessidades e está em busca de recursos para essa implementação, incluindo a busca de veículo adequado e mão de obra qualificada para as demandas externas.
PROBLEMAS ESTRUTURAIS
A respeito dos problemas estruturais constatados no Ginásio, no Parque Caetano Tedesco e no Qorpo Santo, o secretário disse: “Considerando que o Parque Caetano Tedesco, há anos, carece de investimentos, ainda mais após os intempéries que prejudicaram ainda mais as estruturas daquele espaço, a administração está imbuída fortemente nas adequações necessárias para o local. A Secretaria buscou parceiros no município para retomar atividades como a FENACAN e a Feira do Livro, a Moenda da Canção, que é realizada por associação própria, mas conta também com nosso apoio.
Sérgio Airoldi disse também que o que constatou de mais importante em sua passagem pela Secretaria, foi poder contribuir com a administração e com a população de SAP nos projetos que estavam em andamento, finalizando alguns, dando minha contribuição para que se realizassem com o maior sucesso. Exemplos são a retomada do Domingo Cultural, as comemorações do dia da mulher, e os passos iniciais da construção de uma grande FENACAN. Além das aprendizagens pessoais que me foram possíveis.
Sobre os poucos recursos daquela Pasta e a forma para obter investimentos, Canário disse que é necessário ter o entendimento que todos os eventos podem ser interessantes para as empresas, para a iniciativa privada de modo geral, as quais poderão ser os principais investidores, recebendo em troca a valorização de sua marca, de seus produtos. Tem convicção que o município tem potencial turístico e cultural.
Por fim, o secretário Sérgio Airoldi afirmou que Santo Antônio é um lugar de grande potencial econômico, cultural e turístico. Projetos bem elaborados com parcerias fortes podem colocar Santo Antônio da Patrulha no lugar que ela merece estar. Estamos trabalhando para esse fim.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade