Avança processo para restauro do Museu Caldas Júnior

Os projetos necessários para dar início às obras de restauração total do prédio do Museu Caldas Júnior devem começar até março.
Em 1992, a casa que abriga o Museu, recebeu sua primeira e última ampla reforma estrutural, ou seja, há exatamente 30 anos.
“Devido à falta de manutenção nos últimos anos, bem como, o fechamento do Museu, em meio à pandemia, inclusive com deslocamento de seus funcionários para outras secretarias, nós, já no início de 2021, quando da reabertura do Museu à comunidade, promovemos diversas melhorias emergenciais, mas percebemos um avançado estágio de deterioração estrutural, o que levou à interdição. Agora, com investimentos da Prefeitura e da Câmara de Vereadores, está sendo possível dar andamento no processo de contratação de empresa para fazer o levantamento das necessidades e o projeto de restauração geral no nosso Museu”, disse o prefeito.
Esse diálogo vem avançando desde o dia 09 de fevereiro quando, no Gabinete do Prefeito, foi debatida a necessidade de contratação imediata de empresa especializada que atue de acordo com as legislações vigentes e normas do IPHAE – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado, para fazer um projeto completo que, num segundo momento, habilite a instituição para a captação de recursos para realização das obras, através de leis de incentivo, emendas parlamentares e busca de recursos junto à Secretaria de Estado da Cultura e na esfera Federal também.
A partir de março, o projeto executivo de restauro e intervenção na edificação deve começar ser elaborado.
O prédio de 207m² foi construído em 1820 e é tombado como Patrimônio Cultural do Estado do Rio Grande do Sul. Seu acervo é composto por centenas de objetos que resguardam a história da colonização local, bem como, das vivências e dos saberes da população e do seu morador mais ilustre, o jornalista Francisco Antônio Vieira Caldas Júnior, fundador do jornal Correio do Povo. Além dos objetos, o prédio abriga o Arquivo Histórico, que acondiciona inúmeros documentos e fotografias.

PRESENÇAS

Participaram da reunião no dia 09/02, além do prefeito Rodrigo Massulo, a presidente da Fundação Museu Caldas Júnior Rosalva Rocha, os secretários municipais: Lucas Kellermann, do Planejamento e Desenvolvimento Econômico; Sérgio Airoldi, da Cultura, Turismo e Esportes em exercício e Rudinei dos Santos, da Administração e Finanças em exercício, além do Procurador Geral do Município Igor Oliveira, da Diretora do Departamento de Engenharia e Arquitetura, Engenheira Civil Katiane Costa e do Diretor Administrativo do Museu Rafael Barcela.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Publicidade