Texto: Jornal O Tempo/Belo Horizonte

Foto: Batalhão de Polícia Rodoviário/Divulgação

Um idoso de 62 anos foi parado em uma blitz no  interior de Alagoas, nessa quarta-feira (10), e apresentou uma ‘carteira de habilitação’ com nome e fotos de Frei Damião e de Padre Cícero – cada lado era uma pessoa. O homem estava em uma motocicleta sem capacete, sem placa e sem retrovisor. E ainda levava a neta, de 7 anos, na garupa.

Ao G1, a polícia informou que, de fato, o homem acreditava que a habilitação era verdadeira, e que contou que havia comprado em Juazeiro do Norte, no Ceará, em uma visita à estátua de Padre Cícero, junto a um vendedor de objetos religiosos. “Ele fez a maior confusão com a equipe achando que o vendedor estava certo. Acho que o rapaz vendeu a carteira porque viu que o homem era de certa idade, um pouco ingênuo”, disse o tenente-coronel Liziário, comandante do Batalhão de Polícia Rodoviário, ao site.

O idoso recebeu notificações de trânsito, mas não foi preso já que os policiais entenderam que a carteirinha era uma lembrança religiosa. “Como a gente viu a situação, já um senhorzinho com criança, a gente colocou a moto em cima da caminhonete, colocamos os dois na viatura e levamos até a residência dele”, disse o policial.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Nosso canal no WhatsApp
Publicidade