Unidade de filetamento de pescado vai finalmente operar | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Unidade de filetamento de pescado vai finalmente operar

Unidade de filetamento de pescado vai finalmente operar
imagem-noticia

Ocorreu esta semana, a assinatura do Termo de Colaboração com a Organização da Sociedade Civil Cooperativa Mista Campos de Viamão Ltda., para operação da Unidade de Filetamento de Pescado e Subprodutos. O evento ocorreu nesta terça-feira, dia 14 de janeiro, às 14 horas.

A Cooperativa Mista Campos de Viamão atua desde 2013 na sua matriz em Viamão. A partir da assinatura deste Termo, ela atuará na filial em Santo Antônio da Patrulha com a Unidade de Filetamento, tendo como finalidade incentivar e fomentar a cadeia produtiva de pescados com a agro-industrialização na região Metropolitana Sul dos piscicultores/agricultores familiares dos municípios de Alvorada, Capivari do Sul, Gravataí, Glorinha, Santo Antônio da Patrulha e Viamão, através da piscicultura, abate e filetamento de pescado.

O Secretário Municipal da Agricultura e Meio Ambiente, João Batista Adam falou da importância da implantação desta parceria no município, “a Unidade de Filetamento de pescado garantirá significativo aumento na renda dos produtores, além de gerar empregos e movimentar a economia da região”, afirmou João Batista. A Secretária da Educação, Dalva Maria Provenzi de Carli destacou a utilização do pescado na merenda escolar, “a aceitabilidade das crianças foi satisfatória e além de tudo é um alimento muito saudável”, disse.

O prefeito Daiçon Maciel da Silva, por sua vez, agradeceu a EMATER, a Comcavi Ltda., a Câmara de Vereadores e ao Secretário Da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho que destinou R$ 96 MIL para realização das atividades da Unidade de Filetamento.

O Presidente da Comcavi, Maicon Ferreira fala sobre as projeções das atividades e destaca que, na baixa temporada a Unidade poderá utilizar-se também do pescado de água salgada, “são esperadas cerca de 480 toneladas de processamento para 2020 e aumento de 50% da produção atual de pescado na região ampliando a renda dos agricultores e fortalecendo a cadeia produtiva”, ressaltou Maicon.  Para o chefe de gabinete, Gabriel Diedrich a estimativa é que até março tudo esteja funcionando a pleno. A Câmara esteve representada pelo vereador Rodrigo Massulo.

Fonte: ACS-PMSAP



Profissional atuando há 50 anos no jornalismo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *