Técnicas em Radiologia falam sobre importância da mamografia | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Técnicas em Radiologia falam sobre importância da mamografia

Técnicas em Radiologia falam sobre importância da mamografia

O mês de outubro é tradicionalmente dedicado para a campanha de prevenção ao câncer da mama. E para orientar ainda mais as mulheres a respeito dessa doença que, se não diagnosticada a tempo, pode levar à morte, é que estamos entrevistando nesta semana as técnicas em radiologia do Hospital Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia Bruna Silva e Marilei Prestes.
Bruna começa afirmando que o Hospital Santo Antônio está realizando exames de mamografia. “Estamos convidando as pacientes acima de 40 anos inclusive aquelas com histórico de câncer de mama na família, para a realização dos exames por ser o segundo índice de mortalidade no Rio Grande do Sul, só superado pelo de esôfago”, alerta.
Conforme explica Marilei, o câncer de mama pode ser hereditário com parentes de primeiro grau, sempre do lado da mãe. Todo o parentesco é hereditário. No caso da paciente mais jovem entra o autoexame. Quanto mais cedo melhor. Hoje em dia, em função dos anticoncepcionais e outros medicamentos, a função hormonal conta muito no caso da prevenção. E por isso, salientamos: Quanto mais cedo, melhor. O médico pede uma ecografia e se houver necessidade, solicita uma mamografia
Recomenda às mulheres acima de 40 anos, inclusive as que possuem membros na família com histórico dessa doença, a que façam o exame porque, se o tumor for diagnosticado a tempo poderá haver grandes chances de cura.
MARCAÇÃO
A marcação do exame é feita no Posto de Saúde Central de segundas a sextas-feiras, com pedido do médico ou de uma enfermeira. O exame é realizado de segundas a sábados no hospital Santo Antônio da Patrulha com essas duas técnicas em radiologia, nos turnos da manhã e tarde. Ambas citam aquelas pacientes que trabalham durante a semana, mas que só têm disponibilidade aos sábados, para que façam aquele procedimento naquele dia. Os exames são feitos pelo SUS e pelos convênios IPE, Unimed, dentre outros. A marcação pode ser feita pelo telefone 3662-7600. As marcações do SUS devem ser efetuadas no Posto de Saúde Central.
Destacam as técnicas em radiologia, que também são feitos atendimentos para pacientes de Mostardas, Três Cachoeiras, Dom Pedro de Alcântara, Capivari, Caraá, além de Santo Antônio da Patrulha.
PRECONCEITO
De acordo com Marilei, as pacientes acima de 40 anos devem procurar o médico. “Existe um preconceito com as mulheres mais jovens pelo medo da dor, relutando em fazer o exame e friso que isso não é verdade. A mamografia é um exame realmente incômodo para a mulher no momento em que comprime a mama, mas é de uma eficácia muito grande e por isso, queremos que as mulheres realmente venham e que percam o medo de fazer a mamografia. Mostraremos a elas que esse receio não é real. Trataremos a todas com carinho e paciência, e teremos todo o tempo disponível para elas, explicando e dando todo o apoio. Devem sempre trazer os exames de mamografia anteriores para que possa ser feita uma comparação uma vez que a mama, com a idade da mulher, muda de um ano para o outro. Isso é muito importante”.
HOMENS
Salientam as radiologistas que os homens também têm câncer de mama. É um índice pequeno, mas o sexo masculino possui uma glândula que está atrofiada, mas que pode contrair essa doença.
“Que eles não tenham vergonha, porque estamos abertas para falar e explicar a respeito desse tipo de câncer. Quanto mais pudermos atender pessoas, mesmo sem sintomas, isso será importante para garantir a saúde, tanto do homem como da mulher. Estamos fazendo um trabalho bem bacana, e por isso venham, nem que seja só para explicar o que é a mamografia”.
Ambas salientam que é melhor tratar agora do que deixar para mais tarde. Compartilhem essa informação, porque há vagas disponíveis, tanto pelo SUS, como particulares e pelos convênios. “Dói muito mais uma família sofrer, vendo você passar por essa doença”, concluem as técnicas em Radiologia do Hospital Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia Marilei Prestes e Bruna Silva.