Patrulhense que mora na Austrália fala como é o governo em relação ao coronavírus | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Patrulhense que mora na Austrália fala como é o governo em relação ao coronavírus

Patrulhense que mora na Austrália fala como é o governo em relação ao coronavírus

A patrulhense Suelen Willborn, filha da professora Nelci Willborn Nunes Pereira, mora há quatro anos em Sidney, na Austrália. Em conversa com a reportagem da Folha Patrulhense ela relata que a população é de 20 milhões de pessoas, e o governo já liberou 1.3 bilhões de dólares para ajudar os desempregados.
“As filas são enormes nas agências do governo para solicitar o auxílio, mas no Brasil em uma população dez vezes maior (200 milhões de habitantes) é difícil escolher se salva a saúde ou a economia, pois sei que não teria de onde tirar dinheiro para ajudar a população se todos ficassem em casa”, afirma.
Suelen diz que é importante ressaltar que se as pessoas vão voltar às suas rotinas corriqueiras, é fundamental que os governantes reforcem os hospitais e profissionais da saúde, que os preparem para o inverno, onde acredita que a demanda por leitos será altíssima.
“Aqui a campanha é feita pelos médicos e enfermeiros, para que a gente fique em casa, para que eles possam trabalhar por nós.”
Referindo-se aos supermercados ela revela que as prateleiras aqui estão vazias. “Para determinados itens como papel higiênico, o segurança do mercado entrega um por cliente, para evitar brigas”, explica.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *