Situação em Santo Antônio continua relativamente sob controle | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Situação em Santo Antônio continua relativamente sob controle

Situação em Santo Antônio continua relativamente sob controle

Mesmo que no Litoral Norte o aumento no número de casos de COVID-19 tenha alertado a Coordenadoria Regional da Saúde, porque o comprometimento dos leitos também está crescendo, em Santo Antônio, a situação ainda continua relativamente sob controle, conforme a avaliação do secretário municipal da Saúde, Joy Silva.
Para que se tenha uma ideia, um dos levantamentos mais recentes aponta estes números em Santo Antônio:
• 56 pessoas seguem sendo monitoradas em casa sem sintomas, 11 casos suspeitos em isolamento domiciliar, 1 caso hospitalizado, 142 amostras coletadas, 131 casos descartados, 9 casos confirmados e 8 recuperados.
Para o secretário, a situação segue controlada porque, conforme afirmou, o prefeito Daiçon Maciel da Silva agiu rápido e cedo, tomando as medidas cabíveis, demonstrando preocupação para com a saúde.
Mas ele acrescenta que as campanhas de conscientização vão continuar com a força tarefa da Saúde apoiada pela Brigada Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, no sentido de conscientizar a população para a gravidade da situação.
Joy concorda que isso é fundamental porque o pior ainda está por vir com a chegada do inverno, com temperaturas bem baixas e as chuvas da estação que poderão ser elementos fortes para a propagação do vírus.
Cuidados por parte de todos é o que recomenda o secretário para que continuemos nessa situação mais calma do que em relação ao restante do Litoral Norte. Outro ingrediente que ele julga fundamental é que o Rio Grande do Sul felizmente tem índices que ainda não chegam a se tornar muito preocupantes, diferente do que acontece em outros Estados, onde a mortalidade é um quadro triste que tem enlutado milhares de famílias.
LITORAL NORTE
Em relação ao Litoral Norte o boletim da CRS indica 219 casos confirmados, 142 recuperados, 8 óbitos (o mais recente aconteceu em Tramandaí), 498 pessoas monitoradas em isolamento domiciliar, 215 casos suspeitos em isolamento domiciliar, 7 casos hospitalizados, 1.825 amostras coletadas e 1.616 casos descartados.
O maior número de óbitos se situa na faixa etária dos 70 anos em diante, totalizando 5 casos até ontem (03). Por sexo, as mulheres têm leve predominância sobre os homens com 50,7% contra 49,3 por cento.
Conforme a Coordenadora Regional de Saúde Magda Bartikoski, ontem, o Litoral Norte apresentava 219 casos confirmados distribuídos em 18 municípios.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *