SAP Demissão no setor da indústria agrícola assusta trabalhadores e retrai economia | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

SAP Demissão no setor da indústria agrícola assusta trabalhadores e retrai economia

SAP Demissão no setor da indústria agrícola assusta trabalhadores e retrai economia

A crise econômica vem atingindo duramente o setor fabricante de máquinas e implementos agrícolas de Santo Antônio da Patrulha. Recentemente a Argos promoveu a demissão de uma dezena de funcionários da sua unidade local.  A fábrica de Guindastes emprega cerca 160 pessoas na cidade.

Fundada em 2002, em apenas 10 anos a Argos se tornou líder no mercado nacional, sendo referência e maior fabricante de guindastes veiculares da América Latina. No entanto, com a mudança no contexto mundial, a retração do mercado, a indústria sentiu o reflexo do arrocho com a queda nas vendas, em relação aos índices atingidos em anos anteriores.  Como adequação a volatilidade do mercado, a indústria adotou, entre outras medidas, o corte de trabalhadores.

A dispensa de funcionários afeta ainda indústrias como Masal, Rodasul e Imap e tem como principal consequência a queda de 20% do faturamento no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2014.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Metalúrgica Mecânica e Material Elétrico de Taquara, Vivaldino Pires da Silva, o enxugamento nas indústrias agrícolas de Santo Antônio está sendo aplicado desde janeiro conforme se agrava o aperto na economia brasileira.

“As empresas do setor agrícola estão demitindo gradativamente desde janeiro. Não há exceção. No entanto, as demissões ainda se encontram dentro do esperado e a folha de pagamento se mantém em dia para aqueles que permanecem”, afirmou Silva.

Ele revela que o Sindicato está em plena negociação e perto de chegar a um consenso com relação a um acordo com a patronal da categoria agrícola do Rio Grande do Sul, para discutir a manutenção dos empregos, até porque essa crise deve se estender até 2016. “A nossa expectativa é de formalizar essa negociação com as indústrias de Santo Antônio e encontrar uma alternativa que evite novas demissões, assim como ocorreu com a Cosma”, enfatizou.

As fabricantes de máquinas e implementos agrícolas do Rio Grande do Sul dispensaram 20% de seus funcionários desde o começo deste ano. Hoje, são cerca de 22,4 mil pessoas empregadas. No ano passado, as empresas já haviam recuado 14%.

 

Gabriela Gomes



A Falcon5M foi criada em Porto Alegre para o Brasil todo a partir da união entre as empresas W5M Comunicação e Falcon Designer, ambas com ampla experiência de 6 anos no mercado.