RR Shoes demite mais de 500 trabalhadores em SAP e Caraá | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

RR Shoes demite mais de 500 trabalhadores em SAP e Caraá

RR Shoes demite mais de 500 trabalhadores em SAP e Caraá

A empresa calçadista RR Shoes demitiu nessa segunda-feira (18), 535 funcionários das unidades, sendo em Santo Antônio (420) e 115 em Caraá.
Conforme o diretor-presidente empresário Ramon Rabelo, a forte retração internacional provocada pela pandemia do Coronavírus, é a grande responsável pelo desemprego em massa no país.
Ramon afirmou, no entanto, que tão logo passe essa crise, existe a possibilidade de recontratação dos demitidos assim que a empresa retornar à sua capacidade normal.
Em Santo Antônio ficarão 300 empregados e em Caraá 40 para que as unidades sigam funcionando. “Mesmo com todas as dificuldades a empresa continuará funcionando”, assegurou.
Ramon lamentou a situação, mas ela é reflexo da crise que atingiu o mundo. “O setor está com 97% das ; lojas fechadas”, salientou, mas destacou que a loja Via Uno de Santo Antônio continuará com vendas diretas ao consumidor.
No final de março a empresa já havia fechado a fábrica de Teotônia, ficando 370 trabalhadores desempregados e em Santo Antônio, na mesma época, 200 funcionários com contrato temporário também foram demitidos.
ACISAP/CDL
Em nota de apoio ao que ocorreu na sua associada RR Shoes, a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Santo Antônio da Patrulha emitiu nota assinada por seu presidente Marcione Gomes:
“A ACISAP e CDL lamentam o fato ocorrido nesta segunda-feira, 18 de maio, com a empresa RR Shoes, pelas demissões em seu quadro de funcionários em decorrência da crise ocasionada pela pandemia COVID-19, que se instalou no mundo.
Estamos sensibilizados com o expressivo número de demissões, afetando tantas famílias que, de forma direta e indireta dependiam da renda para seu sustento. Neste momento, prestamos nossa solidariedade e desejamos que as dificuldades possam ser superadas e resolvidas com êxito, que seja seguido o caminho da prosperidade.”
PREFEITO
O prefeito de Santo Antônio da Patrulha, Daiçon Maciel da Silva conversou com o proprietário da empresa RR Shoes, Ramon Rabelo sobre as demissões ocorridas nessa segunda-feira (18). Ele prestou solidariedade ao empresário e a todos os funcionários que estão passando por este momento difícil.
O prefeito lamentou as demissões, afirmando que a perda se dá no seio familiar dessas famílias, mas também impacta fortemente as contas públicas. Somente em ICMS, a expectativa é de que os repasses caiam pela metade. “Do Fundo de Participação dos Municípios, de R$ 1,1 milhão que receberíamos, deveremos receber somente R$ 600 mil. Porém, o grande impacto mesmo é sobre as pessoas que estão perdendo trabalho”.
NÚMEROS
Segundo levantamento publicado no jornal Correio do Povo, de acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) que atualiza todas as semanas os dados do impacto da pandemia do novo Coronavírus de final de março até a última sexta-feira, o setor perdeu 30,9 mil postos de trabalho, 11,5% da força de trabalho da atividade. Em dezembro, havia 270 mil postos diretos.
Pela ordem, os Estados mais afetados são: São Paulo, com a perda de 10 mil postos (32% do total de demissões); Rio Grande do Sul, com 7,82 mil demissões (25% do total); e Minas Gerais, com 5 mil postos perdidos (16% do total). No Nordeste, foram mais 5,46 mil demissões (18% do total). O presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, ainda segundo o mesmo jornal, ressalta que não existe perspectiva de melhora no quadro, especialmente enquanto o varejo físico não estiver em funcionamento.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *