Renovado por mais seis meses contrato emergencial de gestores do Hospital Santo Antônio | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Renovado por mais seis meses contrato emergencial de gestores do Hospital Santo Antônio

A licitação para definir quem vai ser o grupo gestor do Hospital Santo Antônio e que deveria ser aberta no dia 20 de maio terminou não acontecendo, tendo o prefeito renovado por mais seis meses, o contrato emergencial da firma Germann & Pechmann.
Conforme a Procuradora do Município isso não ocorreu, porque o processo licitatório que está em andamento, não ficou pronto.
Conforme Angela Machado, trata-se de um processo complicado, porque existe uma série de detalhes a serem definidos na documentação. Ela justifica o atraso pela necessidade de serem apurados todos os pormenores para que o contrato seja o mais perfeito possível. Angela destaca que se constitui num processo inédito, porque até então nenhuma documentação semelhante fora elaborada pela Assessoria Jurídica.
CÂMARA
O presidente da Câmara disse que a medida adotada pelo prefeito renovando o contrato é ilegal.
André Randazzo dos Reis afirmou que está agendando uma audiência com o Promotor Público para saber, junto a Camilo Santana, que medidas poderão ser tomadas. Em princípio, Deco entende como improbidade administrativa a decisão de Paulo Bier. Explicou que quando o Grupo Mãe de Deus deixou o hospital, o Município assumiu temporariamente no dia 07 de janeiro deste ano a gestão. Em seguida o Grupo Germann assumiu por seis meses, sendo o contrato renovado por igual período, que finalizou no último dia 20.



A Falcon5M foi criada em Porto Alegre para o Brasil todo a partir da união entre as empresas W5M Comunicação e Falcon Designer, ambas com ampla experiência de 6 anos no mercado.