Recursos de R$ 349 mil devem ser investidos em Escola Estadual de Santo Antônio | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Recursos de R$ 349 mil devem ser investidos em Escola Estadual de Santo Antônio

Recursos de R$ 349 mil devem ser investidos em Escola Estadual de Santo Antônio

Um café da manhã com correligionários do PDT, dia 27, marcou a primeira vista, este ano, do secretário de educação do Estado, Vieira da Cunha, a Santo Antônio da Patrulha. Acompanhado do deputado estadual, Ciro Simoni, e do coordenador da 11ª CRE, Gil Davóglio, o secretário foi recepcionado na Casa Da Colônia.

Juntou-se a comitiva de Vieira, o presidente local do PDT e vereador Josemar Bandeira. Na oportunidade ele apresentou ao Secretário, questões ligadas à educação patrulhense, dando ênfase ao transporte escolar. Os ex-presidentes da sigla, Reni Germano da Silva e Renato Rocha também acompanharam Viera da Cunha durante sua permanência na Cidade.

O roteiro do Secretário começou com uma visita à Escola Estado do Espírito Santo. Recentemente, recursos na ordem de R$ 349 mil foram empenhados pela Secretaria da Educação para reformas no forro, partes elétrica e hidráulica, entre outras melhorias. O processo tramita atualmente na Secretaria de Obras Públicas, Saneamento e Habitação, que deverá assinar em breve a ordem de início. A empresa que deve assumir a obra é a empreiteira patrulhense Abreu Oliveira.

Em seguida, o grupo foi até o Instituto de Educação Santo Antônio. A diretora Eli Maria Decken apresentou as principais necessidades do educandário, que são o reparo da rede elétrica, limpeza de entulhos e o cercamento do pátio. Mediante as reivindicações, o Secretário ordenou o aumento do repasse inicial determinado pelo Governo do Estado, para que a Escola viabilize essas obras. Viera também solicitou ao coordenador de obras do Estado, Luzardo Cardeal, agilidade no projeto da reforma elétrica.

O Secretário também comunicou a diretora do Instituto sobre o andamento da licitação para contratação de empresa para monitorar as escolas estaduais. “Em vista do aumento da violência no ambiente escolar e arredores, a vigilância por câmera de segurança vêm se mostrando uma necessidade na prevenção da criminalidade. Esta é uma das prioridades da Secretaria para este semestre”, afirmou Cunha.

Viera da Cunha apresentou ainda aos professores e funcionários as políticas públicas da Seduc para o enfrentamento à violência e a favor da cultura da paz, como os Núcleos de Transformação de Conflito, na qual professores da rede recebem formação específica para mediar as situações que ocorrem no cotidiano das escolas, e as Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar.

 

Gabriela Gomes



A Falcon5M foi criada em Porto Alegre para o Brasil todo a partir da união entre as empresas W5M Comunicação e Falcon Designer, ambas com ampla experiência de 6 anos no mercado.