Presidente da ACISAP/CDL aplaude retomada da economia, mas se preocupa com avanço da pandemia | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Presidente da ACISAP/CDL aplaude retomada da economia, mas se preocupa com avanço da pandemia

Presidente da ACISAP/CDL aplaude retomada da economia, mas se preocupa com avanço da pandemia

O retorno do Litoral Norte à bandeira laranja, na nova fase do modelo de Distanciamento Controlado foi comemorado pelo presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Santo Antônio da Patrulha e do CDL.
Marcione dos Santos Gomes disse que a entidade recebeu a notícia da mudança de bandeiras, da cor vermelha para a laranja com muita alegria. Após um longo período com nossa região na bandeira vermelha, vemos agora a possibilidade de trabalharmos para tentar amenizar os prejuízos do período em que estivemos com os comércios de nossa cidade fechados. Principalmente no que se refere ao denominado setor não essencial, pois em nosso ponto de vista, são os mais prejudicados diante do modelo de distanciamento controlado divulgado pelo Governo do Estado”, acrescentou.
PREOCUPAÇÃO COM PANDEMIA CONTINUA
No entanto, Marcione alertou para um fato: “Estamos muito preocupados com o avanço da epidemia e o aumento do número de óbitos em nossa região, por isso, a ACISAP/CDL buscam sempre ressaltar a importância da conscientização, bem como as atitudes para a prevenção à COVID-19, através de campanhas para seus associados”. O dirigente da classe representativa do comércio, indústria e prestação de serviços acrescentou que na análise da atual situação observou que hoje as empresas são lugares seguros, “pois seguimos tomando as precauções necessárias para barrar a contaminação. O problema mais recorrente se encontra fora delas, da porta para fora, nas atitudes que tomamos diante da prevenção e cuidados”.
CORONAVÍRUS
Ao finalizar, Marcione Gomes deixou claro que o nosso principal inimigo neste momento é o Coronavírus, e o único remédio é o isolamento social, os cuidados e a prevenção. “O setor do comércio, além de aplicar todos os procedimentos necessários para evitar a propagação do vírus tem se preocupado muito em manter essas atitudes. Mas além das empresas e comércio, a conscientização deve ser de todos os cidadãos, cada um fazendo sua parte da forma mais correta, conforme as regras de proteção estabelecidas pelos órgãos de saúde. E para que nossa região permaneça na bandeira laranja, ou venha a melhorar sua classificação, dependemos muito dos esforços de cada um de nós, e de nossas atitudes dentro e fora das empresas”, concluiu o presidente da ACISAP/CDL.