Prefeitura informa sobre retorno das aulas nas Escolas Municipais de Educação Infantil | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Prefeitura informa sobre retorno das aulas nas Escolas Municipais de Educação Infantil

Prefeitura informa sobre retorno das aulas nas Escolas Municipais de Educação Infantil

Está definido o cronograma de retorno às aulas presenciais na Educação Infantil para famílias que manifestaram interesse. Durante live na página da Prefeitura de Santo Antônio da Patrulha no Facebook, na quarta-feira (14), o Prefeito Daiçon Maciel, acompanhado de Raquel Porcher, Presidente do Comitê de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19, e da Diretora da Secretaria da Administração, Ana Cristina Salazar prestaram alguns esclarecimentos aos cidadãos acerca do cenário atual da pandemia do novo Coronavírus. O assunto em destaque foi o retorno das aulas presenciais na Educação Infantil.
Ana Cristina explicou ainda que o Decreto Estadual nº 55.538/2020 autorizou o funcionamento de novas atividades, desde que as aulas sejam retomadas. A decisão do retorno em Santo Antônio da Patrulha foi tomada de forma colegiada, após reunião com a Comissão de Estudos formada para avaliar a questão com a participação de diversas entidades. O Conselho Municipal de Educação e a Câmara de Vereadores, entre outras, foram a favor do retorno.
A Secretaria Municipal da Educação realizou uma pesquisa com os pais e a grande maioria respondeu não ter interesse no retorno. Portanto, deverão retornar aquelas crianças cujos pais manifestaram interesse em voltar, apresentando justificativa.

As atividades presenciais serão reiniciadas a partir do seguinte cronograma:
26/10: retorno da Pré-escola
03/11: retorno do Maternal I e II
09/11: retorno do Berçário
Todas as escolas cumprirão o protocolo sanitário exigido, principalmente os ligados a higienização do local. Além disso, as salas só poderão contar com a capacidade máxima de 50% do número total de alunos.
O Prefeito destacou que esse retorno das aulas se dá devido ao pedido dos pais, e ainda destaca que essa volta deve ser gradativa. “Não podemos simplesmente colocar todos os alunos dentro da sala de aula, primeiro retornarão aqueles que os pais se encontram com mais dificuldades, principalmente em decorrência do emprego.”
É importante lembrar que os pais que optarem por não enviar seus filhos à escola, não perderão a vaga. Aqueles que enviarem seus filhos deverão assinar um termo de responsabilidade sobre os riscos referentes à pandemia pelo Coronavírus.
Raquel ainda destacou que é importante estar ciente de que a pandemia ainda não acabou, que todos os cuidados e o distanciamento social ainda sejam prioridade para todos. Para que a incidência de casos diminua e para que, principalmente, não ocorram mais óbitos, é necessário que todos evitem a propagação do vírus.
Todas as medidas podem ser conferidas no Decreto Nº 241, através do link: https://bit.ly/3j3wvd9