Pastoral da Criança completa mais de 30 anos atendendo patrulhenses | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Pastoral da Criança completa mais de 30 anos atendendo patrulhenses

Pastoral da Criança completa mais de 30 anos atendendo patrulhenses

Com dois anos de idade, um menino de Pinheirinhos, com os chinelos gastos pelo tempo, foi presenteado pela Pastoral da Criança com um par de calçados novos. Ao recebê-los o garoto os calçou verificando se os mesmos serviam em seus pés. Ao invés de jogar os velhos fora, a criança, em um gesto inesperado, os ofereceu ao coordenador da Pastoral, Marcos Augusto Linden, para que fossem doados para outra criança.

Essa é uma das histórias de solidariedade e partilha que envolve os mais de 30 anos de atuação da Pastoral da Criança em Santo Antônio da Patrulha. Aliás, o município foi o primeiro a implantar o programa de atendimento a gestantes e crianças no Rio Grande do Sul. Este pioneirismo tem nome e rosto: Irmã Claudia Christ. Vítima, no ano passado de um trágico acidente envolvendo o ônibus da Unesul, em uma curva da RS 030, em Glorinha, ela manteve vivo o espírito do voluntariado no coração dos mais de 130 líderes da pastoral.

Eles visitam mensalmente 1.375 crianças e 135 gestantes, totalizando 1.233 famílias dos bairros e comunidades de Madre Tereza, Assis Brasil, Alvorada, Santa Terezinha, Jaú, Lomba da Páscoa, Santo Antônio, Minha Casa Minha Vida, Várzea, Vila Portugal, 1º de Maio, Evaristo, Vila dos Açores, Santa Inês, Bairro Marumbi, Bairro Solar e Pinheirinhos. Durante as visitas são repassadas noções básicas de saúde, educação, nutrição e cidadania tendo como objetivo o desenvolvimento integral das crianças. Além disso, a Pastoral promove a doação de roupas e alimentos.

Alicerçada na organização da comunidade e na capacitação de líderes voluntários, a Pastoral, conforme o padre Ozeas Vieira dos Santos tem como tarefa orientar e acompanhar as famílias. Muitas vezes, destacou o padre, a Pastoral acaba ultrapassando as fronteiras do que prega a cartilha do programa. Em alguns casos, disse ele, a paróquia preenche lacunas deixadas pelo poder público. “Na Vila Esperança, localizada em Pinheirinho, foi feito um trabalho de humanização. Lá não havia rede de luz e o esgoto corria a céu aberto. Foi preciso mudar a visão daquelas pessoas sobre a vida que levavam e de que possuíam direitos e deveres”, enfatizou.

Na mesma localidade, revelou o coordenador Marcos Linden, foi feito um levantamento em 2013, apontando mais de 30 crianças com idade escolar. Diante deste dado, foi encaminhado ofício ao Poder Executivo solicitando a construção de uma Escola de Educação Infantil. Porém, até agora a Pastoral só recebeu a promessa de execução. “A nossa missão é somar e não dividir. Queremos construir um caminho junto com as forças vivas da comunidade. Somente assim alcançaremos nossos objetivos”, enfatizou Linden.

Para multiplicar essa consciência, a Paróquia Santo Antônio conta com colaboradores, que ajudam com a aquisição de alimentos e nas visitações. O Clube de Mães também é parceiro desta causa. O padre Ozeas lembra que quem quiser se integrar ao grupo da Pastoral, pode procurar a paróquia para mais informações sobre cursos preparatórios. Atualmente, é feita a qualificação nas áreas de brinquedo e brincadeiras, saúde bucal e hortas caseiras. Qualquer tipo de doação pode ser feita diretamente na Paróquia Santo Antônio.

 

Gabriela Gomes



A Falcon5M foi criada em Porto Alegre para o Brasil todo a partir da união entre as empresas W5M Comunicação e Falcon Designer, ambas com ampla experiência de 6 anos no mercado.