Ladrões praticam furtos no cemitério da sede | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Ladrões praticam furtos no cemitério da sede

Ladrões praticam furtos no cemitério da sede

Dezenas de túmulos depredados por desconhecidos. É o que se pode ver no Cemitério Municipal de Santo Antônio da Patrulha.
Um crime que vem acontecendo há tempos e nunca consegue ser esclarecido, chegou ao conhecimento da Folha Patrulhense.
As argolas existentes nas lápides foram em sua maioria arrancadas, provavelmente para serem revendidas.
Os coveiros afirmam que foi colocado vigia no cemitério, porém, apenas de segundas a sextas-feiras. E é provável que esses furtos aconteçam nas madrugadas dos finais de semana.
O que for de valor, os ladrões estão levando e é uma situação que perdura já algum tempo.
Por outro lado, a limpeza do cemitério da sede chama a atenção. Há alguns anos, havia mato crescendo entre as sepulturas, mas agora a situação mudou bastante e se observa limpeza em toda a extensão do campo-santo.
COORDENADORA FALA SOBRE O PROBLEMA
Atuando na coordenadoria do Cemitério Municipal, Janaína Abreu afirma que existe uma vigilância de segundas a segundas no cemitério. Essa atividade começa às 18h30min e vai até às 06h30min da manhã seguinte.
O problema é que, quando o vigilante está numa ala do cemitério distante da vista de quem chega ao local, os vândalos se aproveitam e praticam a depredação e furtos do material que querem levar dos túmulos. Janaína destaca que já foram feitos Boletins de Ocorrência denunciando o que está ocorrendo.
Quanto à proximidade dos Finados, Janaína adianta que a limpeza prossegue e que medidas estão sendo tomadas em virtude da pandemia a fim de proteger as pessoas que forem visitar seus entes queridos.