Guto Monteiro inaugura exposição fotográfica nessa sexta em POA | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Guto Monteiro inaugura exposição fotográfica nessa sexta em POA

Guto Monteiro inaugura exposição fotográfica nessa sexta em POA

O fotógrafo patrulhense Guto Monteiro inaugura amanhã (03), às 18h, na Galeria André Paulo Frank, no Clube da Cultura, em Porto Alegre (Ramiro Barcelos, 1853), sua exposição fotográfica “Oxidação – Como morrem as estrelas”. Ela permanecerá aberta ao público até dia 24 deste mês, podendo ser visitada das 18h às 22h.
Guto nasceu em 1975, em Santo Antônio da Patrulha, filho de pais que entre outras atividades eram também artistas (pai fotógrafo e mãe artista plástica e artesã). Desde sua infância sempre esteve envolvido com a arte, câmeras e imagens fotográficas do pai, ou pelas telas de sua mãe. Tendo sempre a mão, livros sobre ciência e história. Embora não tenha concluído curso superior, estudou História, Fotografia, Semiótica e Geologia, e é um apaixonado por Arte e Ciência. Desde 1996, trabalha entre outras atividades com fotografia e ministra oficinas e saídas de campo nesta área. Trabalhou também com crianças em situação de vulnerabilidade social como na Casa da Criança em Santo Antônio da Patrulha.
Em Porto Alegre vai para sua quinta exposição, sendo a segunda Individual. A primeira “Porto Alegre Monocromática” na Fundação SICRED. E três coletivas, entre elas “[IN] Finito”, realizada no Memorial do Rio Grande do Sul, com a curadoria de Anaurelino Corrêa de Barros Neto e “Fragmentos de uma Cidade Invisível”, realizada no Museu de Artes do Rio Grande do Sul – MARGS, com curadoria de Fabio André Rheinhemeier.
Em seu recente trabalho, Guto Monteiro linka essa interdisciplinaridade – entre a ciência e a arte – utilizando-se de um conceito científico para a construção de suas imagens, a oxidação.
“OXIDAÇÃO – Como morrem as estrelas”- retrata o envelhecimento e a volta ao pó das estrelas. A mostra apresenta fotos realizadas entre 2016 a 2019, que instigam um interessante questionamento sobre a passagem do tempo. A ferrugem em muitas delas, que mais parece uma pintura, é o fio condutor desta magnífica exposição artística.

Texto: Lisa Nunes



A Falcon5M foi criada em Porto Alegre para o Brasil todo a partir da união entre as empresas W5M Comunicação e Falcon Designer, ambas com ampla experiência de 6 anos no mercado.