Ex-secretário de Cultura é exonerado após suspeita de assédio sexual | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Ex-secretário de Cultura é exonerado após suspeita de assédio sexual

Acusado pela então diretora de turismo por supostamente cometer o crime de assédio sexual, o ex-secretário de Cultura, Turismo e Esporte de Santo Antônio da Patrulha, foi exonerado do cargo pelo prefeito, Paulo Bier (PP), na sexta-feira (24).

O fato teria ocorrido há três semanas. Na ocasião a diretora, conforme o secretário municipal de Administração, Reginaldo Coelho da Silveira, recorreu diretamente ao Prefeito, solicitando o seu desligamento da função. Ainda segundo o Secretário, em nenhum momento ela relatou a Procuradoria ou Administração ter sofrido assédio sexual por parte do seu superior.

“Por esse motivo não foi aberto processo administrativo para apurar o caso, até porque não tínhamos conhecimento do que houve dentro do ambiente de trabalho”, relatou.

Informado que a ex-funcionária municipal havia registrado um boletim de ocorrência na delegacia de Polícia local, inclusive com o depoimento de testemunhas avalizando a possível agressão, o Silveira, disse que não tinha conhecimento desse ato. “Cabe agora, que a justiça defina se houve ou não crime. Não nos cabe mais interferir nesse assunto”, esclareceu.

O ex-secretário permaneceu no cargo por dez meses. Na sexta-feira ainda havia comentário de que ele estaria despachando de sua sala, o que foi desmentido por Reginaldo. Ele relatou, que na data o ex-comissionado estaria apenas retirando os seus pertences pessoais do local, e que a exoneração foi efetuada devido a boatos, que passaram a atrapalhar o andamento do trabalho no Executivo.

Questionado sobre possíveis nomes para assumir o cargo, Reginaldo afirmou que devido à contenção de gastos não havia nenhuma definição para ocupar a vaga, inclusive que a mesma poderia vir a ser desempenhada pelo vice-prefeito. No entanto, na terça-feira (28), o governo anunciou o nome de Marcelo Gaúcho, diretor de esportes, como secretário interino.

Caso chega a delegacia

Em contato com o delegado Juliano Aguiar de Carvalho, a reportagem da Folha Patrulhense, recebeu a confirmação de que o caso envolvendo o ex-secretário está sendo investigado.  Ele não quis revelar a identidade da suposta vítima em razão da natureza do crime.

No entanto disse que há um Termo Circunstanciado nesse sentido na Delegacia e a investigação busca apurar a situação criminal para concluir se houve, ou não, o assédio alegado pela suposta vítima.

O TC está em fase adiantada e até semana que vem o delegado deverá decidir se indicia, ou não com base em provas, o acusado.



A Falcon5M foi criada em Porto Alegre para o Brasil todo a partir da união entre as empresas W5M Comunicação e Falcon Designer, ambas com ampla experiência de 6 anos no mercado.