Depois de ter sido prefeito, Sílvio Fofonka assume Legislativo Municipal de Caraá | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Depois de ter sido prefeito, Sílvio Fofonka assume Legislativo Municipal de Caraá

Depois de ter sido prefeito, Sílvio Fofonka assume Legislativo Municipal de Caraá

O presidente do Legislativo Municipal de Caraá, contribuiu muito para mostrar sua dedicação para com seu município, ao decidir, atendendo várias solicitações feitas, inclusive com visitas à sua residência em Rio dos Sinos, concorrer nas eleições de novembro passado ao cargo de vereador do seu município, gesto elogiado, inclusive por muitas pessoas de Santo Antônio da Patrulha pela sua humildade, característica que sempre o norteou na vida pública e também particular.
Tudo isso porque Sílvio Miguel Fofonka, um dos artífices de todo o processo de emancipação do seu município e prefeito em três mandatos em Caraá, viu que era o momento de continuar contribuindo, agora como vereador, pelo desenvolvimento de seu município.
E foi assim que Sílvio foi em busca do voto que o credenciou para um mandato de quatro anos no legislativo caraense. E mais: foi escolhido como o primeiro presidente da atual legislatura.
“Pensei bem porque havia decidido na última eleição que não mais voltaria a concorrer, mas pensando no que ainda se pode fazer pelo nosso município decidi concorrer”, afirmou o veterano político caraense.

ELEIÇÃO DIFÍCIL

Sílvio disse que entendia ser aquela, uma eleição difícil, porque havia cerca de 50 candidatos concorrendo a uma das nove vagas, mas resolveu utilizar a sua experiência para contribuir no fortalecimento do município e não ficar fugindo da realidade só cobrando dos poderes públicos.
A dificuldade que Fofonka citou, foi pelo fato de haver vários candidatos, inclusive perto de sua casa, mas que a eleição foi o motivador para continuar sempre fazendo o melhor possível com vontade, garra e determinação para com sua terra. O presidente da Câmara caraense disse haver uma sintonia muito grande para com a comunidade e isso facilita o seu contato com as necessidades do seu povo e a busca por soluções aos problemas da comunidade.

INDÚSTRIA CALÇADISTA

Ele citou como exemplo, uma reunião anteontem, terça-feira, com os proprietários de fábricas de calçados, ocorrida na Câmara, onde procurou ouvi-los para saber o que é necessário para contribuir para o fortalecimento da indústria calçadista em seu município. “Temos que ouvir as pessoas e por isso defendo que o Legislativo tenha sempre voz ativa em busca de soluções”, destacou o político caraense. “Tem 25 comunidades e se a cada semana visitarmos 3 ou quatro, no final do ano teremos falado com todos os moradores, identificando o que eles necessitam”, adiantou Fofonka. Explica Sílvio que os contatos com deputados federais e estaduais são importantes para a busca de recursos, mas o vereador também pode ir em busca de soluções práticas para sua comunidade.

PREFEITO

Ao ser indagado sobre o que pensa da nova administração caraense, Sílvio Fofonka disse que já teve vários encontros com o prefeito e viu que Magdiel Silva está colocando em prática o que dizia na campanha.
“Sua função é de uma responsabilidade muito grande, mas vejo nele, o entusiasmo, inclusive ouvindo moradores, porque o importante é saber de suas necessidades e fazer o que o povo deseja e não o que o administrador pretende”, ensina o experiente político.
Ele destaca que a auditoria determinada pelo prefeito para saber sobre o andamento das contas públicas está sendo muito importante. “Isso faz com que as pessoas gostem muito dos primeiros passados da administração”, acrescenta Fofonka, mesmo reconhecendo que os recursos são poucos, mas a determinação é fundamental para atingir os objetivos pretendidos.
Ao mesmo tempo em que agradeceu a oportunidade de falar sobre o que pretende realizar como vereador, o presidente Sílvio Miguel Fofonka concluiu afirmando que tem um carinho muito grande para com Santo Antônio, onde atuou durante 16 anos, primeiramente como vereador e depois como vice e mais tarde, prefeito patrulhense.