Cuidados com a criança começam já no ventre materno | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Cuidados com a criança começam já no ventre materno

Cuidados com a criança começam já no ventre materno

O contato da criança com o dentista deve acontecer já enquanto o bebê ainda estiver no ventre materno. A explicação é da odontóloga e especialista em cirurgia bucomaxilofacial dra. Joice Krunt, da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre e integrante do corpo clínico do Hospital Santo Antônio da Patrulha.
Uma vez que o próximo dia 12 é dedicado à criança, falando a respeito da dentição infantil a odontóloga destaca que é o pré-natal, fundamental para o bebê, frisando existirem estudos sobre doenças periodontais relacionadas com o baixo peso do nascimento do bebê, inclusive dos prematuros. Disse ser importante essa conferência com o cirurgião dentista de toda a parte bucal do bebê, o que deveria ser feito por todas as mães, porém, as pessoas ainda não têm pleno conhecimento desse fator importante no desenvolvimento da criança.

AMAMENTAÇÃO
Tão logo o bebê nasceu, já nos primeiros meses de vida, a mãe deve levá-lo ao dentista para os cuidados gengivais, do desenvolvimento da mucosa e dos lábios.
Um cuidado que a mãe deve ter com o seu nenê é quando existe dificuldade da pega no peito da mãe na amamentação em que a criança sente dificuldade e com isso começa a perder peso. Para tanto, existe na Santa Casa uma equipe multidisciplinar onde o bebê é avaliado pela médica pediatra e uma fonoaudióloga. Isso acontece – explica a dra. Joice – porque o freio lingual é muito curto. A criança deve passar por um processo simples de anestesia local a ser feito no próprio ambulatório do Hospital Santo Antônio para correção do problema. Esse pequeno procedimento é de grande significado para o desenvolvimento do bebê em relação à amamentação. “É o amor da mãe com a criança”, define.
Outra orientação da odontóloga é que a mãe leve a criança ao dentista já nos primeiros meses de vida para poder ir cuidando do desenvolvimento da mucosa e dos lábios.

DENTIÇÃO
Após o nascimento do primeiro dentinho já tem que ter contato com pasta de dente flúor. Levar a criança ao dentista precocemente faz com que não aconteça a perda prematura dos chamados dentes de leite. Explica que devem ser administrados à criança alimentos de diferentes texturas para treinar a mastigação, ajudando-a em todo o desenvolvimento da sua face, maxila e mandíbula.
Quanto a doces, algo do qual toda a criança gosta, recomenda que não se deve dar doces ao bebê com menos de dois anos e a partir de então, podem ser dados, porém, em pouca quantidade e sempre com a escovação dos dentinhos para evitar a cárie. Explica a dra. Joice que nos primeiros dentinhos, a aplicação da pasta de flúor não deve exceder ao tamanho de um grão de arroz cru, para que não haja prejuízo para os dentes permanentes.
Já o contato com a fonoaudióloga deve ocorrer desde que o bebê nasce para uma avaliação para ver se é necessário, ou não, fazer a plenectomia.
TRAUMAS DENTÁRIOS
Outro fato que a odontóloga chama a atenção são os chamados traumas dentários que costumam ocorrer quando os dias ficam mais longos e quentes. É normal as crianças praticarem esportes, mas é comum acontecer a ablução de dentes, ou seja: ele pode cair com a queda, ou quebrar uma parte. Se for levado em tempo ao dentista, há como recuperá-lo. Deve ser colocado um recipiente limpo com soro ou água quando a criança for levada ao plantão odontológico ou ao consultório do cirurgião dentista.

NECESSIDADES ESPECIAIS
“Quanto aos pacientes portadores de necessidades especiais, se o paciente passa por uma criteriosa avaliação de conduta e se constatar que não se consegue fazer em nível ambulatorial o procedimento odontológico, nós como equipe da Santa Casa estamos capacitados a realizar um procedimento mediante anestesia geral ou sedação, mas somente nos casos onde o paciente não consegue se posicionar na cadeira odontológica, ou não consegue ficar quietinho por se tratar de ´procedimento odontológico minucioso em que a pessoa precisa estar calma e tranquila para a sua realização” porque, como explica a dra. Joice, a saúde começa pela boca.
Ao final da entrevista, ela salienta a importância de se trabalhar em equipe no Hospital Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia. “A nossa equipe é muito boa e representa uma conexão de todos. Por isso, me coloco sempre à disposição, porque se trata de uma equipe muito qualificada”, concluiu a dra. Joice Krunt.