Correr – O Exercício, a Cidade e o Desafio da Maratona – Drº Drauzio Varella | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Correr – O Exercício, a Cidade e o Desafio da Maratona – Drº Drauzio Varella

Correr – O Exercício, a Cidade e o Desafio da Maratona – Drº Drauzio Varella

Drº Drauzio Varella é uma daquelas figuras que dispensa comentários, médico oncologista, escritor e maratonista, sim, no auge de sua experiência aos 73 anos ele participa de diversas maratonas em toda parte do mundo.
Fumante até os 36 anos, orientado por um colega de profissão sobre os malefícios do cigarro, decidiu abandonar o maldito vício, porém, sofreu de abstinência e sentia a necessidade de fazer algo para substituir o cigarro e que lhe desse prazer. Durante os anos de 1970 em um congresso de medicina que participou em Nova York presenciou dezenas de pessoas correndo no Central Park e estimulado por um amigo correu pela primeira vez, sentindo uma sensação que até então não conhecia, mas que lhe trouxe um profundo relaxamento, provavelmente decorrente da liberação da endorfina, hormônio do prazer e bem estar que tem a capacidade de relaxar o corpo físico e acalmar a mente.
Em seu retorno a SP começou a praticar a corrida no parque Ibirapuera e posteriormente nas principais avenidas da cidade. Correr nos dias de hoje é moda, mas na década de 70 e 80 era considerado por muitos como “maluco”, fato este que nunca atrapalhou, pois os benefícios da corrida são imensuráveis perante a qualquer julgamento.
Ao completar 50 anos e em uma conversa com um amigo de infância que a muito tempo não havia foi surpreendido pelo mesmo quando este afirmou que essa era a idade que marca a decadência do homem, não satisfeito com a ideia do amigo quis provar para si mesmo que não era verdade essa hipótese e desafiou-se a correr uma maratona. Enfrentou a desconfiança de amigos e parente e alguns colegas chegaram a duvidar de sua sanidade mental, porém, nada era mais forte que o desejo do desafio de encarar os 42 quilômetros. Drº Drauzio acreditava que quem consegue correr 42 km deve ser capaz de enfrentar o futuro com mais otimismo e sabedoria, sábio Drº, uma das grandes lições que a corrida nos ensina, entre outras, é que é preciso ser forte e persistente.
Sua primeira maratona não por coincidência foi em Nova York e a partir desta foram dezenas de desafios, entre elas as principais maratonas do mundo, Chicago, Londres, Berlim, Boston, Buenos Aires, Rio de Janeiro, São Paulo e Blumenau.
A sua paz de espírito, equilíbrio psicológico e saúde abundante decorrente da pratica da corrida são valores que Drº Drauzio tenta passar aos seus pacientes, embora muitas vezes em vão, o que deixa frustrado pela ignorância e irresponsabilidade de muitos com sua própria saúde.
Agoniasse quando presencia senhores de meia idade fumante e com excesso de peso, tem ímpeto de abordá-lo e orientá-lo que vai acontecer uma desgraça em sua vida, infarto, falência dos rins, diabetes, entre outros. Mulheres com câncer de mama enfrentam obstinadamente cirurgias mutiladoras que interferem com a autoimagem e a sexualidade, passam pelas náuseas, vômitos e o mal-estar da quimioterapia, perdem o cabelo, cumprem com rigor as sessões de radioterapia e os cinco anos ou mais de tratamento hormonal, e quando o Drº explica que andar trinta a quarenta minutos diários reduz em pelo menos 40% o risco de morrer por disseminação da doença, benefício semelhante ao da quimioterapia, ouvem atentas e juram que vão caminhar todas as manhãs. Juramento falso, conta nos dedos as que cumprem a palavra.
O corpo humano é uma máquina construída para o movimento, a diferença de máquinas como o automóvel e o avião também projetadas para o movimento, mas que se desgasta ao movimentá-lo, o corpo humano se aprimora com o movimento, tenha um ou noventa anos de idade. Correr é experimentar a liberdade suprema, é voltar aos tempos de criança.

Reportagem: Profº – Adair Viana Teixeira



A Falcon5M foi criada em Porto Alegre para o Brasil todo a partir da união entre as empresas W5M Comunicação e Falcon Designer, ambas com ampla experiência de 6 anos no mercado.