Chocolates: procura maior é por caixas de bombons e barras de chocolate | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Chocolates: procura maior é por caixas de bombons e barras de chocolate

Chocolates: procura maior é por caixas de bombons e barras de chocolate

O período da Páscoa, comercialmente, se caracteriza por duas atrações: o chocolate e o peixe.
Em relação aos chocolates, o movimento este ano nos supermercados é bem menor do que no ano passado em função do agravamento da pandemia.
No supermercado Compre Bem (João Pedroso da Luz), Luiz Kosovski tem expectativa de que as vendas melhorem no fim de semana. Mas mesmo assim, começa a ser registrada procura, mas a tendência é mais para barras de chocolates e caixas de bombons, por serem produtos com preços mais em conta para o consumidor, especialmente nestes tempos de pandemia em que a crise, que já existia, se acentuou. No entanto, há ovos de Gramado à venda e que também são bastante procurados. Os preços, afirma Luiz, têm sido praticamente idênticos sos do ano passado.
No supermercado Gomes, Marcione Gomes afirma que o estoque adquirido para a Páscoa deste ano foi menor do que no ano passado, até porque as indústrias especializadas em chocolates também diminuíram a produção em função da crise.
Como todo o brasileiro costuma deixar para a última hora, as compras das datas mais importantes do ano, não vai ser diferente nesta Páscoa, com os supermercados vendendo bem, porque toda a criança, ao pensar em Páscoa, automaticamente vem à mente infantil o chocolate.
A preferência continua sendo por caixas de bombons e também por barras de chocolate. Os preços são mais convidativos. No entanto, a bela parreira dos supermercados de propriedade daquele empresário, atraem imediatamente a atenção de adultos e crianças. A começar por um grande coelho postado à entrada da loja.
Nas Americanas, ontem não havia mais ovos de páscoa, mas conforme a gerente Dienifer Farias, estava sendo esperada uma nova carga ainda na tarde de ontem. Mas a procura maior continua sendo por barras de chocolate e caixas de bombons. O crescimento em relação ao ano passado, está sendo de 52 por cento. A explicação: em 2020 se venceu pouco por causa da pandemia.
No Nacional as vendas estão melhorando, mas a expectativa maior é para sexta-feira e sábado. A loja deverá, portanto, abrir também na Sexta-Feira Santa.
Os demais supermercados também estão esperando boas vendas nesta Páscoa. Mas uma melhor avaliação, evidentemente só poderá se obter na segunda-feira (05), quando os lojistas irão contabilizar os resultados das vendas deste ano.