Câmeras de videomonitoramento devem entrar em atividades | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Câmeras de videomonitoramento devem entrar em atividades

Câmeras de videomonitoramento devem entrar em atividades

Instaladas há alguns anos, mas nunca tendo funcionado efetivamente, as cerca de 13  câmeras de videomonitoramento deverão entrar em atividades normais dentro de pouco tempo.

Isso porque hoje (16), no Fórum, o Juiz da Vara de Execuções Criminais Christian Karan da Conceição, ao lado dos Promotores Camilo Santana e Graziela Veleda, da Procuradora da Prefeitura Digiane Stecanela representando o prefeito municipal, do Delegado de Polícia Valdernei Tonete e do Capitão Delamar, assinou documento, juntamente com o presidente do Consepro Cláudio da Costa Silveira repassando àquela entidade R$ 90.000,00 ao Conselho Pro Segurança Pública para ativação desse equipamento, fundamental para a Segurança do município. A manutenção será mensal e o comércio e a indústria serão solicitados a colaborar nesse sentido.



Profissional atuando há 50 anos no jornalismo.