Bombeiros: Projeto cria Brigada Comunitária | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Bombeiros: Projeto cria Brigada Comunitária

Bombeiros: Projeto cria Brigada Comunitária

Visando criar uma equipe treinada e capacitada para atendimento à emergências e sinistros que possam ocorrer na cidade e região, estiveram em visita à redação da Folha Patrulhense, o comandante do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio, Tenente Solano, o coordenador municipal da Defesa Civil, Marcelo Silveira, o empresário e especialista em Segurança do Trabalho, Fernando Machado dos Santos, e a advogada, Andressa Gonsalves.
OBJETIVO
O objetivo é a criação de uma Brigada Comunitária, que daria suporte ao trabalho do Corpo de Bombeiros e, para tanto, necessita-se do apoio das empresas e estabelecimentos da cidade, com a colaboração da Prefeitura Municipal, Câmara Municipal de Vereadores, ACISAP – Associação Comercial e Industrial de Santo Antônio da Patrulha, Comando dos Bombeiros e Defesa Civil.
A ideia surgiu quando Fernando e Solano falaram na possibilidade de criação dessa equipe, já que, como é de conhecimento público, existe um déficit no contingente do quartel dos Bombeiros de Santo Antônio.
COMPOSIÇÃO
Conforme o projeto, “a Brigada Comunitária será formada por pessoas das mais variadas competências e áreas de atuação, onde o principal objetivo é a organização de uma equipe, que possa ser acionada quando ocorrerem sinistros e eventos indesejados em nossa cidade e região. Além do que, a Brigada Comunitária uma vez formada, será constantemente requalificada, através de novos conhecimentos, adequação e estudos contínuos, ou seja, cada membro da Brigada Comunitária, receberá em média 75 horas de treinamento, das mais variadas áreas, pois o foco é a real capacitação desta equipe.”
EXPECTATIVA
A expectativa, segundo os idealizadores, é de, ao final de um ano, ter em Santo Antônio ao redor de duzentas pessoas treinadas e capacidades. “Espera-se que 30% deste total, se coloque como Brigadista, ou seja, trabalharemos com o número aproximado de 60 pessoas voluntárias, com conhecimento técnico adquirido através do ciclo de treinamentos estipulado, e quando acionados, os integrantes da equipe saibam como agir e auxiliar as equipes de emergência e resgate, como por exemplo, Bombeiros, SAMU e Defesa Civil, que têm em comum o baixo efetivo.”
ATUAÇÃO
A Brigada Comunitária atuará através de um Plano de Auxílio Mútuo, onde a empresa contribuinte cede, de forma não onerosa os serviços de seu funcionário que recebeu a capacitação, apenas durante a ocorrência e quando for chamado. O acionamento (chamado) partirá do comando regional dos bombeiros, em caso de acidentes e princípios de incêndio quando necessário e através da Defesa Civil em caso de desastres da natureza (granizo, precipitação, vendaval).
A empresa que participar do projeto contribuirá com o valor simbólico de R$ 50,00 (cinquenta reais por colaborador indicado) e tem o direito a indicar um representante ou mais para participar do projeto. A formação da equipe contará com treinamentos, palestras, oficinas, simulados e avaliações médicas e psicológicas, uma vez que o Brigadista deverá estar com sua saúde física e mental em dia, com treinamentos de Brigada de Incêndio, Trabalho em Altura e Trabalho em Espaço Confinado.



A Falcon5M foi criada em Porto Alegre para o Brasil todo a partir da união entre as empresas W5M Comunicação e Falcon Designer, ambas com ampla experiência de 6 anos no mercado.