Terminais de embarque e desembarque são entregues aos usuários | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Terminais de embarque e desembarque são entregues aos usuários

Terminais de embarque e desembarque são entregues aos usuários

Mais uma etapa do processo de revitalização das praças centrais da cidade foi concluída nesta segunda-feira, quando foram abertos aos usuários do transporte coletivo os terminais de embarque e desembarque entre as praças Borges de Medeiros e Dom Feliciano, no Centro de Gravataí. Os tapumes que até então cercavam as obras entre as praças foram retirados, ficando restritos às intervenções que ainda ocorrem na Praça Borges de Medeiros.
Nesta etapa das obras de revitalização, as duas paradas de ônibus existentes na quadra da antiga rodoviária, localizada na Rua José Linck, foram substituídas por 16 módulos amplos, modernos, confortáveis e com maior cobertura.
A área tradicionalmente ocupada por usuários do transporte coletivo, comerciantes e ambulantes, recebeu ainda novo calçamento, ecologicamente correto (PAVs), instalação de piso tátil para deficientes visuais, pintura diferenciada, troca de meio-fio, pontos de acessibilidade com rampas de acesso e lixeiras, nos mesmos moldes do que já havia sido feito na Praça Dom Feliciano.
No período de intervenções das Secretarias de Obras e de Mobilidade Urbana, fiscais de trânsito e da empresa Sogil orientaram os passageiros, que provisoriamente usaram ponto alternativo na quadra em frente à prefeitura e a agência do banco Itaú. Os terminais de embarque e desembarque recebem 7 mil passageiros por dia.

A acadêmica de Engenharia Civil, Tatiana Borges (19 anos), aprovou as melhorias. Moradora da parada 103, a jovem estudante utiliza o transporte público diariamente para se dirigir à faculdade e disse que, além de visualmente mais bonitos, os terminais ficaram muito melhor com o espaço para cadeirantes. “Os novos terminais atendem a todos os requisitos de acessibilidade e os vidros instalados facilitam a identificação dos ônibus à distância”, afirma Tatiana.

Terminal 01

Mobilidade urbana

A obra se alinha em vários aspectos, pois oferece uma melhor condição para o usuário do transporte coletivo, uma estrutura com abrigos adequados onde as pessoas podem esperar seu coletivo protegidas e sentadas, num ambiente com piso podotátil e bloco intertravado. Além disso, amplia a cobertura do abrigo em mais de 50% diante do que existia até então. De maior qualidade, o abrigo possui vidro de 8mm na parte traseira, permitindo maior transparência ao usuário que se beneficia de uma visão ampla de toda a praça. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, a obra é importante porque cria em Gravataí a figura dos terminais de ônibus, o que é necessário e não se resume à região central da cidade, mas também a outros pontos da cidade que devem receber bons locais de embarque e desembarque, como os projetados para a parada 66 da Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira e o Parque dos Anjos.

Obras de revitalização

O projeto de revitalização das praças centrais de Gravataí deverá ser concluído até a segunda quinzena de agosto. Até lá, conforme a Secretaria de Obras, haverá a completa substituição do passeio público por piso ecologicamente correto, renovação dos canteiros e reforma do chafariz. Houve uma preocupação de intervenção mínima no local, buscando preservar a vegetação existente.

Terminal 02