Começou mais uma edição da Feira do Peixe na cidade | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Começou mais uma edição da Feira do Peixe na cidade

Começou mais uma edição da Feira do Peixe na cidade

Logo nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, 12, a circulação de comerciantes e visitantes já era intensa nos estandes da tradicional Feira do Peixe de Gravataí. O evento está na 21ª edição e ocorre simultaneamente em três pontos do município. O objetivo da feira é fomentar a economia local, além de incentivar a comercialização de produtos oriundos da agroindústria, produzidos na própria cidade.
A abertura oficial da Feira ocorre nesta quinta-feira, 13, às 11h, no Parcão da 79, na Rua Angelino Lorenzi. A solenidade contará com a participação de autoridades municipais e membros de entidades parceiras no evento.
A previsão é de comercializar cerca de 10 toneladas de peixe nos três pontos. Já a expectativa de público chega a mais de duas mil pessoas.
Os moradores que passaram para conferir os produtos logo no primeiro dia de exposição encontraram os refrigeradores abastecidos com peixes de água doce e do mar. Os valores do quilo dos produtos são tabelados nos três locais e variam de R$ 15 a R$ 30, para peixes de água doce; já os peixes do mar ficam entre R$ 13,50 a R$ 27. Outras especialidades como camarão R$ 52 e salmão R$ 54 também são comercializados.
Nos três pontos é possível escolher o peixe ainda vivo. Os piscicultores da região são representados pela Agrapeixe. Décio Walter participa do evento desde 1999, e explicou sobre os procedimentos de cultivo e higienização dos produtos. “Trabalhamos à risca com todas as normais de inspeção municipal, assim temos a garantia de procedência e da qualidade dos peixes”, destacou.
Na Feira do Parcão, a maior delas, os consumidores encontram outros produtos como hortifrutigranjeiros da Feira Modelo como mel, vinhos artesanais, flores, além de artigos da Feira da Economia Solidária com a participação de artesãos da cidade. Ana Paula Siqueira, 34 anos, esteve pela primeira vez na Feira, e relata que aproveitou o primeiro dia para garantir o peixe fresco para as comemorações da Sexta-feira Santa. “Já verifiquei em outros locais, aqui o preço está mais atrativo. Nos últimos feriados comprei em mercados comuns, desta vez vou apostar na Feira, procuro encontrar qualidade dos peixes, pois já notei que são muito bonitos”, opinou.
A Feira ocorre em mais dois bairros da cidade, na Morada do Vale I, na Rua Aldrovando Leão, na qual os moradores encontram peixes do mar e água doces, também vivos. No Parque dos Anjos, na Rua Aristides D’Ávila, os peixes também são comercializados nestas duas opções e, além disso, o espaço conta com a venda de produtos orgânicos, sem a utilização de agrotóxicos e conservantes.