200 pessoas participam de protesto na Aldeia | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

200 pessoas participam de protesto na Aldeia

200 pessoas participam de protesto na Aldeia

Com gritos de ordem e cartazes pedindo a saída da presidente Dilma e o fim da corrupção no País, gravataienses foram às ruas na tarde deste domingo (15). Os manifestantes percorreram a principal avenida da cidade pacificamente, não havendo registros de vandalismo ou agressoes durante todo o evento.

Segundo a Guarda Municipal, que acompanhou a manifestação, foi contabilizado menos de 200 participantes. Eles se reuniram no Parcão da 79 e partiram em caminhada até a Praça Borges de Medeiros, no centro. Logo depois fizeram o mesmo trajeto no sentido contrário. O ato iniciou por volta das 15h30min e durou cerca de duas horas, até seu término quando o grupo retornou ao Parcão.

O participantes da manifestação entoavam gritos como “vem pra rua” e cantaram o hino do Rio Grande do Sul durante a passeata. Nos cartazes, o pedido era para que Dilma Rousseff deixasse o cargo de Presidente e que os envolvidos em casos de corrupção fossem punidos. A estagiária Letícia Ramos, participante do ato, considerou fraca a manifestação em Gravataí. Para ela, parece que a população da cidade está satisfeita com o atual governo.

“O povo tem medo de sair pra rua, mas não percebe que fazendo isso estará de acordo com tudo que está acontecendo”, afirmou a manifestante. Segundo Letícia, se a população ficar acomodada nada vai mudar, e não adiantará só reclamar dos problemas. “Ficou claro que não precisa ter medo, vamos pintar a cara e ir pra rua, pois as manifestações são pacíficas”, finalizou.

Protestos pelo Brasil

Porto Alegre – Segundo a Brigada Militar, 100 mil pessoas se reuniram no Parque Moinhos de Vento (Parcão).

Foto: Mauro Schaefer

Foto: Mauro Schaefer

Brasília – Cerca de 50 mil pessoas se reuniram em frente ao Congresso Nacional.

Foto: Evaristo Sá / AFP

Foto: Evaristo Sá / AFP

São Paulo – Mais de um milhão de pessoas lotaram a Avenida Paulista na tarde deste domingo.

Foto: Nacho Doce/Reuters

Foto: Nacho Doce/Reuters