Polícia investiga tentativa homicídio contra comerciante | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Polícia investiga tentativa homicídio contra comerciante

Polícia investiga tentativa homicídio contra comerciante

A equipe da delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está tentando esclarecer as causas de uma tentativa de assassinato acontecida contra um comerciante. A vítima,  J.C.S.V., de 49 anos, foi atingida com tiros dentro do estabelecimento comercial do qual é proprietário, no bairro São Geraldo. Um dos suspeitos foi preso.

O caso está sendo investigado pela equipe da DHPP que trabalha com duas hipóteses para esclarecer a tentativa de homicídio que ocorreu na tarde da última sexta-feira. Uma delas é um possível desentendimento com um ex-funcionário e a outra pode ser passional. “Estamos trabalhando com essas duas linhas de investigação. Vamos ouvir testemunhas para esclarecer a real motivação da tentativa de homicídio”, disse o chefe a da equipe de investigações, comissário Jair Gonçalves.

O crime aconteceu por volta das 13h40. Segundo a polícia uma dupla, identificada como C.M.Z. e L.A.C., teriam chegado em uma moto. Um deles teria descido da moto e entrado no estabelecimento, que fica na altura da parada 70 da avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira. A vítima, que é proprietária do estabelecimento, estava trabalhando quando foi surpreendida e atingida pelos disparos. Ele foi socorrido e encaminhado para a emergência do hospital Dom João Becker.

Já os suspeitos, após os disparos, fugiram, mas foram seguidos pela Brigada Militar que foi acionada por testemunhas assim que escutaram os estampidos. Um dos acusados foi preso em flagrante e entregou o outro comparsa que escapou.

Homem é morto a tiros no Parque Florido

Enquanto os  policiais da DHPP se deslocavam para o estabelecimento comercial para falar com as testemunhas, tiveram que acionar outra equipe, pois cerca de 20 minutos depois da tentativa de homicídio, uma morte aconteceu. Luis Alberto Noronha Ribeiro, 55 anos, foi morto a tiros, no Parque Florido após uma briga. Ele tinha um facão na mão.
Conforme a polícia, o crime aconteceu por volta das 14h, instantes após a vítima ter passado por um desentendimento.

As circunstâncias da briga ainda estão sendo apuradas, bem como os envolvidos. Certo, conforme os policiais é que ele foi atingido a tiros e caiu sem vida, no beco Tulipa, próximo de sua casa. “Como ele estava como uma faca na mão achamos que ele queria se defender”, disse a polícia que ainda não tem suspeitos.

11301581_1100250636657358_1191095925_n

Texto: Patricia Mello