Mulher é executada na Itacolomi | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Mulher é executada na Itacolomi

Mulher é executada na Itacolomi

Outros dois ocupantes do carro ficaram feridos. Duas crianças, de cinco e sete anos, saíram ilesas

Um ataque criminoso deixou uma mulher morta e outros dois feridos no final da tarde de segunda-feira (04). O veículo em que Ana Paula Pedroso estava, com seus dois filhos, foi interceptado por outro, que efetuou diversos disparos contra os seus ocupantes. O crime ocorreu por volta das 16h30min, na Avenida Itacolomi, próximo ao Campus da Ulbra de Gravataí.

O veículo Pálio, na cor azul, onde Ana Paula estava, trafegava no sentido bairro-centro da Avenida Itacolomi quando foi abordado por um Corsa Classic, na cor prata, e com um giroflex –  equipamento que emite sinais luminosos intermitentes em viaturas – ligado. Os criminosos desceram do veículo e alvejaram o Pálio com dezenas de tiros calibre 9mm.

Após, fugiram no mesmo carro pela rodovia ERS-118. Ana Paula não resistiu aos ferimentos e faleceu no local, outros dois homens foram encaminhados ao Hospital Dom João Becker com ferimentos. Um dos feridos estava no regime semi-aberto, e utilizava tornozeleira eletrônica. As duas crianças eram filhas da vítima fatal, e não foram atingidas pelos disparos. O caso vai ser investigado pela delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A execução do marido

A morte de João Gabriel, 24 anos, marido de Ana Paula, aconteceu por volta das 23h45 de quinta-feira, dia 30 de abril, na rua Vinícius de Moraes, Vila Natal. A vítima foi atingida por sete tiros, sendo três na cabeça e quatro no tórax. Ao lado do corpo ficou uma moto que era de propriedade da vítima. Segundo a polícia, João possuía antecedentes por ameaça, roubo de veículo e lesão corporal, além de posse ilegal de armas. Nenhum suspeito foi identificado até o momento.

Texto: Filipe Foschiera | Colaboração: Patricia Mello