Testes para COVID-19: Saiba onde são realizados para detectar se pessoa está infectada, ou não | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Testes para COVID-19: Saiba onde são realizados para detectar se pessoa está infectada, ou não

Testes para COVID-19: Saiba onde são realizados para detectar se pessoa está infectada, ou não

A pandemia do COVID-19 serviu para popularizar um serviço realizado pelos laboratórios e que são os chamados testes para detectar os sintomas da doença.
O Hospital Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre está realizando esse serviço como a Folha Patrulhense já divulgou anteriormente.
Mas os demais laboratórios do município também desempenham essa atividade. Como afirma o Laboratório Fontana, o PCR é considerado o padrão ouro no diagnóstico da COVID-19. A confirmação é obtida através da detecção do RNA do SARS-CoV-2 na amostra analisada. Este exame custa R$300,00 + a taxa de coleta de R$80,00. O resultado libera em até 4 dias úteis. A coleta é feita por uma colega devidamente equipada e treinada.
Já a sorologia verifica a resposta imunológica do corpo em relação ao vírus. Isso é feito a partir da detecção de anticorpos IgA, IgM e IgG em pessoas que foram expostas ao SARS-CoV-2. Nesse caso, o exame é realizado a partir da amostra de sangue do paciente. Este exame tem o custo de R$250,00 a coleta pode ser feita no laboratório, e o resultado libera em até 24h.
No Laboratório Bacellar também são feitos testes IGG e IGM. A coleta é feita em Santo Antônio e enviada para a Central que fica em Novo Hamburgo. O interessado recebe o resultado em 48 horas. E quem quiser, poderá adquirir o cupom para fazer o exame na PanVel ou na Farmácia Preço +Popular.
O teste IgG identifica o anticorpo de memória da doença e deve ser feito após 14 dias dos sintomas e tem um custo de R$ 189,00.
Já o teste IgG IgM identifica o anticorpo de memória da doença. Identifica o anticorpo na fase aguda da doença e deve ser feito após oito dias dos sintomas preferencialmente 14 dias. Seu custo é de R$ 295,00.
Os exames são todos particulares e a procura começou a se acentuar com o aumento dos casos de COVID-19. Existe a possibilidade de, em breve, serem também feitos através de convênios.
Quem deve fazer o teste: pacientes com sintomas suspeitos de COVID-19 há pelo menos 8 dias. Trabalhadores afastados do trabalho por suspeita de COVID-19, com início dos sintomas há oito dias e mínimo de 72 horas sem sintomas.
Pessoas assintomáticas que tiveram exposição de rico, como contato próximo com paciente confirmado de COVID-19 há pelo menos 20 dias.
O exame sorológico é aquele que detecta a presença de anticorpos em pessoas que já foram expostas ao vírus. Este exame apresenta maior sensibilidade que um teste rápido. Em média 15 dias dos primeiros sintomas são detectados os anticorpos IgG.
Exame sorológico que detecta a presença de anticorpos em pessoas que já foram expostas ao vírus. Em média, após 7 dias dos primeiros sintomas, são detectados os anticorpos IgM e após 15 dias, os anticorpos IgG.
No Santo Antônio Laboratório esses exames também são coletados. Conforme o responsável técnico dr. Altemar Toson da Costa, o teste rápido fica pronto em um dia útil e serve para detectar qualitativamente IgG e IgM, com o custo de R$ 225,00.
Já o teste sorológico quantitativo para IgG e IgM utiliza a metodologia de enzimaimunoensaio, tendo um custo de R$ 265,00 ficando pronto em três dias úteis.
A coleta de todos os exames é feita aqui, sendo depois encaminhada a Porto Alegre para o Laboratório Endocrimeta, onde é realizada a análise.
Acredita Toson que em breve, os testes também possam ser disponibilizados através de convênios facilitando bastante o acesso por parte dos que necessitam realizar esse tipo de exames.
No Laboratório Iberleo é feita a coleta do PCR que é o exame feito através da coleta com cotonete da secreção nasal e das amídalas.
A sorologia é o básico e o exame fica pronto entre 4 a 5 dias e terá os marcadores das imunoglobulinas IgG e IgM. Atende apenas particular porque é terceirizado. Coleta aqui, é outro laboratório que faz. O custo desse exame é de R$ 350,00.
O PCR é mais sensível na fase aguda da doença, mas precisa agendar a coleta, porque necessita programação, pois os profissionais ficam mais expostos no momento da coleta. Por isso, esse exame custa R$ 480,00.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *