Isolamento para pacientes de Covid-19: Hospital Santo Antônio da Santa Casa de Misericórdia com isolamento para pacientes graves | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Isolamento para pacientes de Covid-19: Hospital Santo Antônio da Santa Casa de Misericórdia com isolamento para pacientes graves

Isolamento para pacientes de Covid-19: Hospital Santo Antônio da Santa Casa de Misericórdia com isolamento para pacientes graves

O Hospital Santo Antônio da Patrulha tem dado passos importantíssimos desde que a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre – um dos maiores complexos hospitalares da América Latina – assumiu a gestão da casa de saúde deste município.
QUARTOS DE ISOLAMENTO
Uma importante inovação está na área dos quartos de isolamento, prontos para o atendimento de pessoas com suspeitas de COVID-19. Há, inclusive, um quarto para pacientes em estado grave com todo suporte necessário, enquanto aguarda transferência para leito de UTI, como classificou a dra. Márcia Müller, que acompanhou a reportagem.
Outro segmento importante desenvolvido pelo hospital local, é o do setor de saúde mental, onde 20 pacientes estão internados. Além do tratamento propriamente dito, eles desenvolvem atividades de lazer em uma casa existente na parte posterior do hospital. O espaço teve suas paredes externas decoradas com belíssima pintura a cargo de dois profissionais canoenses, que preferem continuar no anonimato.
BLOCO CIRÚRGICO
O bloco cirúrgico está dotado de equipamentos moderníssimos, elogiados, inclusive, pelos médicos que utilizam aquelas instalações para os procedimentos que têm sido constantes. Como no domingo (28/06), quando por volta de 12 pacientes foram submetidos a intervenções cirúrgicas de traumatologia e que se prolongaram durante toda a manhã em uma atividade liderada pelo dr. Diego Lutzky. O médico afirma que até agora já atendeu aproximadamente 150 pacientes e que já há agendamentos para novos procedimentos de outras pessoas no hospital local. Mas chama a atenção para um fato: há pessoas que estão agendadas para os procedimentos, mas que terminam não comparecendo, tirando assim, o lugar de outros pacientes que também necessitam da realização de intervenções cirúrgicas. O traumatologista afirma que, quando um paciente não puder comparecer por uma razão, ou outra, que informe, de preferência 72 horas antes, para que possa ser agendada outra pessoa que deverá ser devidamente preparada para o procedimento a que será submetida.
ELOGIOS
A opinião de pessoas elogiando o atendimento, como o caso de dona Eliane Soares, que mora em Porto Alegre, deixa direção e colaboradores muito felizes pelo reconhecimento demonstrado. Eliane estava no hospital acompanhando seu pai, com cerca de 80 anos, após ter sofrido um AVC e sobre quem havia suspeita de ter contraído a COVID-19, felizmente não confirmado. Ou então a opinião dos próprios pacientes mostrando-se satisfeitos com a atenção e o carinho demonstrado pelos profissionais da saúde, servem como um incentivo para que médicos e corpo de enfermagem continuem cada vez mais dedicados no atendimento aos pacientes do Hospital Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *