Com fim da Operação Verão efetivos policiais retornam aos locais de origem | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Com fim da Operação Verão efetivos policiais retornam aos locais de origem

Com fim da Operação Verão efetivos policiais retornam aos locais de origem

Com a antecipação do fim da Operação Golfinho, os efetivos da Brigada Militar nos municípios que receberam reforços, voltarão ao que era antes do começo do verão. O mesmo deverá acontecer com a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros.

Esse fato preocupa as autoridades policiais porque, sem sombra de dúvidas, durante o verão (e isso ocorre há vários anos), os reforços recebidos pelas duas entidades da Segurança Pública têm contribuído sensivelmente para que haja agilidade no que se refere, no caso da Polícia Civil, à agilização dos serviços cartorários e de investigação e, no que se relaciona com a Brigada Militar, em relação ao policiamento ostensivo.

Alie-se a isso, o fato de que, na Brigada, vários policiais estão caminhando para a aposentadoria fazendo com que o efetivo, que hoje enfrenta uma defasagem em torno de 38 a 40 por cento, se reduza ainda mais.

Na Polícia Civil houve, antes da Operação Verão, um pequeno aumento no efetivo, o que possibilitou ao delegado Juliano Aguiar de Carvalho dar a melhor resposta possível à comunidade. Um dos seus objetivos é buscar uma solução junto às autoridades municipais para que seja possível oferecer residência a policiais civis que queiram trabalhar em Santo Antônio, mas esbarram no custo dos alugueis.

Já na Brigada Militar, o Comando também manifesta preocupação esperando que as lideranças locais se mobilizem para ajudar na destinação de mais policiais militares para atuarem no município. Hoje, no que se refere a equipamento de trabalho, mais três viaturas deverão chegar até o final deste mês à Brigada, fruto do Orçamento Participativo. Isso mostra a preocupação da população em relação a esse problema. Porém, o Comando tranquiliza a população informando que a comunidade continuará sendo assistida como sempre foi.

Um exemplo é o carnaval, que começa amanhã, e, onde os policiais que atuam na área administrativa, também serão deslocados para a rua a fim de reforçar a segurança da população.

 

Bombeiros e PRE

 

Junto ao Corpo de Bombeiros, o mesmo problema de efetivo será enfrentado, já que se trabalha com reforços nesta época. Os Bombeiros, igualmente, devem receber mais duas viaturas novas.

Isso sem falar na Polícia Rodoviária Estadual que teve desativado seu posto junto ao pedágio da ERS 474 sendo transferido para o Batalhão criado em Osório, prejudicando sensivelmente a segurança nas ERS 030 e 474 onde, para uma ocorrência de trânsito, uma viatura, quando chamada, não demora menos do que 30 minutos para chegar ao local, sobrecarregando o trabalho da Brigada Militar, que precisa dar apoio até a chegada dos policiais rodoviários. Enquanto isso, no Batalhão, as viaturas acumulam-se no pátio, sendo que, para uma ocorrência nas proximidades, não menos do que duas viaturas são deslocadas, dependendo da urgência. Essa decisão do Comando Rodoviário da Brigada Militar vem sendo contestada pelas autoridades municipais que buscam uma solução sem obter qualquer chance de êxito, mesmo tendo sido oferecido no governo municipal do ex-prefeito Daiçon Maciel da Silva, uma área no entroncamento da ERS 474 com a ERS 030, junto à Casa Da Colônia e que não foi levado em consideração.

 

Bier

 

O prefeito Paulo Bier também tem se mostrado sensível com o problema de redução de efetivos no município. Não apenas Santo Antônio será prejudicado como, também, Caraá, que já tem um policiamento abaixo do ideal.

“Na Granpal, num primeiro momento, convidamos o novo titular da Pasta da Segurança para um debate e, em seguida, o secretário Vantuir Francisco Brasil Jacini, que, com toda a cúpula diretiva, participou de um amplo debate na Granpal para ouvir os prefeitos da região metropolitana”, disse Bier, que é o atual presidente da Associação dos Municípios da Grande Porto Alegre.

Jacini prometeu que, no final de fevereiro, cada prefeito daquela entidade apresentará suas reivindicações para o secretário e Santo Antônio também levará sua lista de pedidos. “Já falamos com o delegado Juliano a respeito e, agora, vamos, também, conversar com o comando local da Brigada Militar”, salientou o prefeito.

Segundo ouviu do secretário Vantuir Jacini, “haverá uma ação especial em relação às nossas dificuldades e algumas melhorias deverão surgir”.

 

Operação verão 1 Opração Verão 3

Hermógenes Silveira



A Falcon5M foi criada em Porto Alegre para o Brasil todo a partir da união entre as empresas W5M Comunicação e Falcon Designer, ambas com ampla experiência de 6 anos no mercado.