Zaffalon realiza reunião para tratar sobre regularização fundiária no município | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Zaffalon realiza reunião para tratar sobre regularização fundiária no município

Zaffalon realiza reunião para tratar sobre regularização fundiária no município

Na sexta-feira, 15, o prefeito Luiz Zaffalon se reuniu com sete dos seus secretários de governo para tratar sobre a regularização fundiária no município e a descaracterização de APPs (áreas de preservação permanente) – esta principalmente no entorno dos arroios Barnabé e Barnabezinho.

“Estes são assuntos que já estávamos trabalhando no governo Marco Alba e que passaram pelas secretarias em que eu estava à frente. Agora, vamos dar continuidade às iniciativas que têm como objetivo a regularização dos espaços, possibilitando que aqueles que têm a posse sejam proprietários de fato e de direito”, disse Zaffalon.

No tema regularização fundiária, ficou definido que a Secretaria Municipal de Habitação terá 30 dias para apresentar uma relação de áreas possíveis de serem regularizadas. A secretária da pasta, Luciane Machado, destaca que há cerca de 200 áreas no município passíveis de regularização fundiária.

“Este trabalho vai oportunizar que as pessoas tenham o seu título (matrícula) no Registro de Imóveis registrados em seu nome, fazendo assim com que a área não conste mais como ocupada irregularmente. A regularização fundiária garante o direito à moradia, por isso é tão importante.”

Neste primeiro momento serão identificadas as áreas que tenham matrícula em nome do Município de Gravataí e ainda com prioridade para as menores em extensão. A Prefeitura, por meio de diversas secretarias, Fundação Municipal do Meio Ambiente (FMMA) e Procuradoria Geral do Município (PGM), viabilizará o levantamento topográfico, assim como a confecção dos memoriais descritivos dos lotes existentes, além das escrituras necessárias.

Áreas de Preservação Permanente

Para o assunto descaracterização de APPs, será dada continuidade a um estudo já iniciado pela FMMA e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDUR). “Já temos todo o levantamento do Arroio Barnabezinho, agora faremos do Barnabé.

O resultado disso será a criação de legislação determinando as dimensões de APP ao longo dos trechos dos arroios, possibilitando a regularização de várias edificações construídas sobre terrenos regulares, que pela legislação não poderiam ser regularizadas”, explicou o responsável pela SMDUR, Cláudio Santos. Este trabalho deve ser reiniciado em até 45 dias.

Participaram da reunião, além do prefeito, da secretária Luciane e do secretário Cláudio, o secretário Municipal de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior, o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, João Maria Lima de Campos, o secretário Municipal da Saúde, Régis Fonseca, a procuradora-geral do Município, Samanta Soares, e o diretor-presidente adjunto da FMMA, Rafael Evaldt.