Zaffalon apresenta propostas de governo no 'Encontro com o Candidato' | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Zaffalon apresenta propostas de governo no ‘Encontro com o Candidato’

Zaffalon apresenta propostas de governo no ‘Encontro com o Candidato’

Luiz Zaffalon, do MDB, foi o quarto candidato a participar do ‘Encontro com o Candidato’ da Acigra- Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Gravataí. Zaffa, como também é conhecido, apresentou o seu plano de governo em reunião virtual realizada pela plataforma Zoom na última segunda-feira (19/10) com a diretoria da entidade.
O candidato, que tem o apoio da atual gestão, iniciou a sua participação salientando que a sua proposta consiste em dar continuidade ao que tem sido feito desde 2013, início do primeiro ano de governo Marco Alba, com as “melhorias que são necessárias”. Fez um detalhamento do que foi feito desde então, com destaque para a gestão fiscal e administrativa implementadas, resultando na saída da Prefeitura de Gravataí do “SPC” e possibilitando investimentos.

O primeiro tópico a ser abordado por Zaffalon foi planejamento urbano e mobilidade, onde falou sobre acessibilidade e do plano de levar a outras localidades da cidade o trabalho que está sendo realizado na região central. Falou sobre construção de ciclovias, implantação de iluminação inteligente na cidade e identificação dos nomes, com CEP, nas ruas. Ao abordar investimentos e criação de empregos, falou sobre a criação de um novo distrito industrial da cidade ou novos pequenos distritos industriais na cidade, proporcionando atração de investimentos, geração de emprego e renda. “Ele é fundamental para ajudar os empresários a ficarem na cidade e gerar emprego e renda”, destacou. Falou também da intenção de desburocratizar os processos públicos em relação às licenças.

“Precisamos levar inovação a todas as secretarias”, salientou ao afirmar que vai criar uma secretaria de inovação e tecnologia que será integrada a todas as demais.

Sobre meio ambiente e saneamento, falou sobre os quatro pilares da área: água, esgoto, drenagem e resíduos sólidos. Em relação a água, falou sobre estabelecer indicadores operacionais à Corsan para que a água seja atendida a todos os bairros e evite falta do abastecimento em bairros, o que é comum em alguns bairros. Sobre esgoto, destacou a PPP da Corsan que prevê que até o final da década 90% do esgoto seja tratado na cidade. Sobre resíduos sólidos, destacou que, atualmente, é feita reciclagem de apenas 4% do lixo gerado em gravataí – algo que, segundo o candidato deve ser ampliado. “Podemos fazer 20, 25% (de reciclagem). Há cidades no mundo que reciclam 30%”, comentou ao destacar a economia que geraria aos cofres públicos pelo fato do município não ter que gastar para levar esses resíduos até Minas do Leão, não tendo que pagar transporte e deposição final. Sobre macro e microdrenagem destacou que dos 128 pontos de alagamentos que havia em 2013, hoje há apenas 12.

Na área de desenvolvimento social, falou sobre o hospital Dom João Becker e o plano de expansão apresentado pela Santa Casa. “Onde a prefeitura tiver que entrar para ajudar nesta expansão, iremos participar”.
No tema inclusão digital, falou sobre disponibilizar internet pública onde ainda não tem, treinar a população e levar internet às escolas.

A respeito de esporte, destacou que esta é uma grande demanda da cidade e que merece atenção. Falou que tem a intenção de buscar para Gravataí uma escola cívico-militar. Na questão cultural, destacou que a cidade precisa de um teatro que forme músicos, grupos de teatros. Finalizou dizendo que vai continuar com a gestão fiscal que está sendo implementada, que a prefeitura precisa dar lucro e “esse lucro tem que ser dividido entre toda a população”. A íntegra da conversa está disponível no canal do Youtube da Acigra.