Promotora alerta sobre votos que podem ser nulos | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Promotora alerta sobre votos que podem ser nulos

Promotora alerta sobre votos que podem ser nulos

Candidato subjudice Daniel Bordignon (PDT) pode obrigar município a fazer novas eleições caso seja o vencedor

Diante da insistência do candidato Daniel Bordignon em continuar concorrendo mesmo sabendo que está impugnado pelo TRE-RS, a promotora Ana Carolina de Quadros Azambuja alerta a população sobre o risco e o prejuízo que o município pode passar, caso o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mantenha a decisão da impugnação.

A representante do Ministério Público Eleitoral, que falou de forma exclusiva ao JG, avisa que com a confirmação do julgamento na noite da última quinta-feira (29), que impugnou a candidatura, os votos de Daniel Bordignon ficarão separados aguardando decisão final.

“Nós já tivemos a confirmação deste processo em que o candidato referido está indeferido pela justiça eleitoral e está concorrendo somente porque abusa do direito de recorrer. Os votos que ele obtiver caso saia vitorioso, ficarão em separado aguardando decisão de Brasília. Se a decisão do julgamento persistir, que é o que tudo indica, já que saíram duas decisões a favor da impugnação, Gravataí terá que refazer as suas eleições”, explica.

Para a promotora, esta situação está muito perto de ocorrer. “Estamos fazendo nosso papel para garantir a lisura do processo eleitoral, mas as pessoas tem que ter consciência na hora do voto e conhecer quem realmente são os seus candidatos e seus respectivos vices”, destaca.

E a história se repete

Esta é a terceira vez desde 2008 que Bordignon tenta resistir ao seu julgamento. Na primeira vez, às vésperas das eleições abdicou da candidatura em favor de sua vice Rita Sanco, em 2012, também foi impugnado, mas não causou maiores prejuízos, pois não se elegeu. Agora, em 2016, já em outro partido, o candidato tenta de todas as formas se eleger, mesmo sabendo que pode trazer prejuízos para a cidade.