Prefeitura apresenta ao Daer (mais uma vez) proposta para segurança do trânsito na ERS -118 | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Prefeitura apresenta ao Daer (mais uma vez) proposta para segurança do trânsito na ERS -118

Prefeitura apresenta ao Daer (mais uma vez) proposta para segurança do trânsito na ERS -118

A prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semurb), protocolou na tarde desta segunda-feira, 19, na sede da Superintendência do Daer, em Esteio, mais uma vez, projeto de melhoria na segurança do trânsito entre a ERS-118, Avenida Centenário e Plínio Gilberto Kroeff. O termo de cooperação técnica entre a Prefeitura e o governo do Estado prevê a instalação de um sistema sincronizado de grupos semafóricos pelo Município.

Pela proposta, a Prefeitura prevê a criação de uma nova faixa de armazenagem para conversão ao Distrito Industrial, com a permissão de conversão de duas faixas. O sistema controlará todos os movimentos existentes hoje nesse cruzamento. O estudo apresentado pelo Município possibilitará uma sustentabilidade de até cinco anos. A proposta foi entregue ao superintendente do Daer em Esteio, Ernesto Luiz Vasconcellos Eichler. “Estamos confiantes de que, desta vez, o governo do Estado, através do Daer, será sensível com o drama dos motoristas que diariamente arriscam suas vidas naquele cruzamento”, exclamou o prefeito Marco Alba.

Durante reunião com o secretário de Mobilidade Urbana de Gravataí, Adão Castro, e o adjunto Guilherme Ósio, o superintendente Eichler afirmou que a proposta será enviada para análise da diretoria técnica. Passam por esses cruzamentos e pela rótula da ERS-118 mais de 70 mil veículos por dia. “O Daer, em princípio, entende que a proposta é viável, pelo menos até a construção do viaduto no entroncamento da ERS-118 com a Centenário”, afirmou Adão Castro. O secretário reiterou a necessidade de medida urgente no local, sob pena de vidas serem perdidas. “Aquele trecho se tornou uma verdadeira roleta russa para os usuários da via, e não podemos mais assistir a isso de forma passiva”, ponderou o secretário.

“Importante destacar que o local hoje está com sinalização inexistente, precária e com um risco altíssimo de acidentes, com frequentes colisões. Além disso, o fluxo no horário de pico é completamente engarrafado”, reforçou o engenheiro Guilherme. A proposta apresentada ao Daer visa fundamentalmente à segurança no trânsito e, especialmente, à preservação de vidas.

Em 2019, já haviam ocorrido duas tratativas junto à direção do Daer no sentido de buscar uma solução para este que se tornou um dos mais graves problemas de tráfego na região. No entanto, até hoje o Daer não se manifestou sobre esses encaminhamentos feitos pela Prefeitura de Gravataí, o que fez com que o Município voltasse a apresentar uma segunda proposta. Por enquanto, a orientação é para que os motoristas sejam prudentes ao usar aquele trecho da ERS-118, que além disso tem o piso irregular e é mal-iluminado. Com a palavra, o Daer.