Mulheres de todo o Brasil passam por problemas com vendedora online de Gravataí | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Mulheres de todo o Brasil passam por problemas com vendedora online de Gravataí

Mulheres de todo o Brasil passam por problemas com vendedora online de Gravataí

Compras pela internet sempre causaram desconfiança nos mais experientes usuários da rede. Além de receber produtos diferentes do anunciado, o comprador online pode passar por inúmeros problemas, incluindo pagar por um produto e não receber nada em sua residência.  Uma moradora de Gravataí, mais precisamente na Morada do Vale, vem indignando muitas mães, que compraram roupas e artigos infantis para seus filhos, no país inteiro. Segundo as compradoras, os pagamentos referentes aos pedidos foram efetuados, mas os produtos não foram entregues.

Um grupo foi criado em uma rede social para reunir os clientes desta vendedora de Gravataí, e já conta com 68 membros. Neste grupo são encontrados relatos de diversas mulheres, de todo Brasil, que compraram produtos da mesma vendedora e ainda não receberam os mesmos. No mesmo local ainda há publicações de reembolsos realizados pela vendedora. O grupo foi formado para concentrar os esforços das compradoras que foram lesadas pela suposta vendedora, em busca de uma solução para o caso, que se arrasta há algum tempo. Conforme uma das participantes do grupo, elas não irão sossegar enquanto a vendedora não reembolsar todas as clientes.

Luciana Dias, moradora do litoral de São Paulo, conta que na primeira vez que comprou artigos com esta vendedora, o pedido foi recebido dentro do prazo estimado, mas na compra seguinte teve problemas. Ela compreende certa demora, pois os produtos revendidos seriam oriundos da China, mas não tanto tempo. Luciana comprou alguns produtos de uma promoção realizada pela vendedora, está aguardando há quatro meses, e ainda não recebeu o pedido.

Antes de agosto do ano passado, Jeniffer Aline, do interior do Paraná, fez o pedido de algumas peças para a mesma vendedora, e após o prazo de entrega não recebeu nenhum dos itens selecionados. Neste caso, a vendedora informou a falta do produto e pediu para a cliente escolher outros produtos, alguns foram entregues no prazo estipulado, faltando apenas alguns artigos da Peppa Pig. No mesmo tempo, Jeniffer efetuou a compra de mais alguns calçados, totalizando R$ 109,00, com prazo de entrega para novembro, que não foram recebidos até hoje.

Membros do grupo no Facebook afirmam que a vendedora agia de má fé, inclusive utilizando perfis falsos na rede social para continuar vendendo seus produtos. As clientes lesadas calculam um prejuízo de mais de R$ 5 mil, somando as compras de todo o grupo. As compras de valor menor já estariam sendo reembolsadas pela vendedora, mas a maioria ainda aguarda um contato.

Procurada pela redação do JG, a vendedora afirmou que houve um problema com seu fornecedor na China, e que está tentando regularizar a situação. Conforme a vendedora, alguns reembolsos foram feitos na quarta-feira(11), e que novos reembolsos serão realizados. A vendedora afirma ainda que está “se acertando” com as clientes lesadas, e que elas estão cientes.

Cuidados na hora de compra pela internet

• Procure comprar em lojas previamente conhecidas ou àquelas indicadas por amigos e parentes.

• Pesquise sobre a idoneidade da loja em órgãos de defesa do consumidor e em sites de avaliação e comparação de preços nos quais outros usuários analisam os serviços das lojas e fazem seus comentários sobre a empresa.

• Faça contato telefônico com a loja e verifique se ela tem endereço, telefone fixo ou filial física.

• Observe informações como razão social, CNPJ e confirme esses dados no site www.receita.fazenda.gov.br. Se a situação estiver “baixada”, “cancelada” ou “inativa”, desista da compra.

• Verifique se a loja possui conexão de segurança nas páginas em que são informados dados pessoais do cliente como nome, endereço, documentos, número do cartão de crédito, geralmente essas páginas são iniciadas por https:// e o cadeado ativado (ícone amarelo em uma das extremidades da página).

• Desconfie de ofertas milagrosas e ganhos fora do comum principalmente de produtos eletrônicos e informática, pois podem ser produtos falsificados, roubados ou a empresa pode estar sonegando impostos, ou pior, ser um estelionatário.

• Salve ou imprima todos os passos da compra, inclusive e-mails de confirmação

Texto: Filipe Foschiera