Gravataienses devem gastar R$100 em cada presente para o Natal | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Gravataienses devem gastar R$100 em cada presente para o Natal

Gravataienses devem gastar R$100 em cada presente para o Natal

O Núcleo de Pesquisa CNEC – Sindilojas Gravataí – Inova Júnior realizou pesquisa de intenção de compra para o Natal 2019, realizada entre os dias 22 e 26 de novembro. A técnica foi realizada, predominantemente, com pessoas na faixa etária entre 26 e 45 anos, residentes dos bairros Centro, Morada do Vale I, Parque dos Anjos e Parada 76 da Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, no município de Gravataí. No total, 300 consumidores foram entrevistados, sendo a maioria o público feminino.

Os resultados apontam que a intenção de compras para o Natal é, em média, de até R$ 100 para cada presente. Desta forma, foi constatado que o valor médio gasto em cada presente fica entre R$ 100 e R$ 150.
A pesquisa foi realizada com homens e mulheres em igual proporção, sendo a faixa etária predominante de 26 a 45 anos. Em relação à renda familiar mensal, a maioria dos entrevistados possui uma renda entre R$ 1.201,00 à R$ 5.000,00. Os artigos de vestuário seguem liderando entre os presentes mais comuns neste Natal, seguido de brinquedos em geral.

Conforme o presidente do Sindilojas Gravataí, José Rosa, a parceria com a Faculdade CNEC-Inova Júnior formou um Núcleo de Pesquisa que vem contribuindo de forma significativa para o comércio varejista da região.
“A intenção de consumo em datas comemorativas ou campanhas promocionais auxilia no planejamento dos empresários, desde a elaboração de uma vitrine, experiência de compra, atendimento, entre outros”, salientou.

O Núcleo de Pesquisa conta com a participação de professores e alunos dos cursos de Administração, Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial, Gestão da Produção Industrial e Logística e do Curso de Engenharia de Produção, que atuam também na Empresa Inova Júnior da CNEC, entre eles, o Coordenador dos Cursos, o professor Me. Alexandre Abicht, o professor Me. Daniel Urbim e os alunos da Inova Júnior, Andressa Amaral e Eduardo Paim.

O ano de 2019 foi bastante instável, com baixa inflação, recuperação lenta e ajuste fiscal inacabado. Um ano que teve, ainda, a transição dos governos estadual e federal impactando diretamente o cenário econômico.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *