Gravataí prepara estrutura para começo da vacinação da Covid-19 | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Gravataí prepara estrutura para começo da vacinação da Covid-19

Gravataí prepara estrutura para começo da  vacinação da Covid-19

Gravataí está pronta para começar a aplicar as primeiras doses da vacina contra a Covid-19, tão logo o imunizante seja entregue pelo governo do Estado, o que deve ocorrer nesta terça-feira, 19. Durante live transmitida pelo Facebook na noite desta segunda, 18, o prefeito Luiz Zaffalon, ao lado do vice-prefeito Dr. Levi Melo, e do secretário municipal de Saúde, Régis Fonseca, detalhou os procedimentos de vacinação nessa primeira fase de imunização.

Conforme o prefeito Zaffalon, nesta etapa, deverão ser vacinadas em torno de 2,5 mil pessoas, entre trabalhadores da saúde e população prioritária, conforme o Plano Nacional de Vacinação. “O que vai chegar neste primeiro momento é pouco e vamos seguir a risca o Plano Nacional de Imunização. O combate ao coronavírus é um assunto que teremos bastante espaço para percorrer. Este é o primeiro passo. Fiquem tranquilos que estamos realmente preparados para realizarmos a imunização com segurança no nosso município.”

O secretário da Saúde Régis Fonseca afirma que ainda não se tem o número exato de vacinas que devem chegar nesta terça-feira. “Estes dados nos serão repassados amanhã (terça), a partir das 13h, pela 1ª Coordenadoria Regional de Saúde, da qual fazemos parte.”

Já o vice-prefeito Dr Levi relembrou que a vacina é o primeiro passo para um novo normal, mas que até uma total imunização, os protocolos e cuidados devem devem ser mantidos. “O início da vacinação não é o ‘liberou geral’. Devemos manter os cuidados para evitar a propagação do vírus. Uso de máscara, álcool em gel e não realizar aglomerações é fundamental.”

No final da live, Zaffalon destacou que este momento de vacinação não deve ser usado ideologicamente. “A vacina salvou o mundo. Vamos acreditar. Vacina sempre deu certo e essa, certamente, também dará.”

Quem serão os primeiros imunizados

Os nomes dos profissionais de saúde escolhidos são: Eliane Dornelles Gomes, enfermeira do PAM que está atuando na ala Covid e representa a Rede de Urgência e Emergência; Mariana Santiago Siqueira, enfermeira coordenadora da USF Parque dos Anjos que faz o acolhimento e triagem dos pacientes com suspeita de Covid, da Atenção Básica; André Schnomberger é auxiliar de laboratório do SAE e trabalha nas coletas dos testes; representando os Centros Especializados; e Viriato Corrêa, enfermeiro do Hospital de Campanha desde o início de funcionamento da estrutura, representando o Hospital Dom João Becker.

Segundo Zaffalon, inicialmente, o público a ser vacinado são os profissionais de saúde da linha de frente em hospitais, Atenção Básica e rede de urgência e emergência, pessoas acima de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) e pessoas acima de 18 anos com deficiência intelectual e física, moradores de Residenciais Inclusivos. As doses serão distribuídas, a partir da Vigilância em Saúde (Viemsa), nas 29 salas de vacina do município, para imunização das equipes de vacinadores e linhas de frente que atuam na atenção básica e dos demais trabalhadores que prestam assistência direta a pacientes com a Covid-19. Para a imunização nas instituições de longa permanência serão disponibilizadas equipes volantes, conforme informações já fornecidas por estas instituições.