Polícia investiga suposto crânio encontrado na Morada do Vale I | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Polícia investiga suposto crânio encontrado na Morada do Vale I

Polícia investiga suposto crânio encontrado na Morada do Vale I

Vídeo divulgado na internet mostra sacola em que o objeto foi colocado, | Foto: Guarda Municipal/ Reprodução

Denúncia foi feita pelo próprio morador da residência em que o objeto foi encontrado. Delegado descarta relação do caso com crime envolvendo crianças em Novo Hamburgo.

A Polícia Civil está investigando o caso de um crânio – com uma faca cravada – encontrado nesta terça-feira no pátio de uma casa localizada na Rua Correa Lima, no bairro Morada do Vale I, em Gravataí. Segundo o coordenador de Operações Urbanas da Guarda Municipal, Luciano Rocha, o próprio dono da residência acionou o órgão. “A denúncia foi feita pelo proprietário do local. Ele, que estava na praia, alegou que recebeu uma ligação informando que haviam jogado algo suspeito no pátio de sua residência. Os caseiros, que estavam tomando conta da casa, constataram que havia algo estranho no quintal”, explicou. Ainda de acordo com Rocha, a residência também é usada para celebrações de uma religião de matriz africana.

Conforme o delegado Felipe Borba, ainda não é possível afirmar que o crânio encontrado seja de um humano. “Temos que aguardar o trabalho da perícia para poder confirmar se o crânio encontrado é ou não de uma pessoa. Se for de um humano, pode ter sido furtado de algum cemitério e usado para um despacho. Outra hipótese possível é a de que tenha ocorrido um crime violento”, explicou o delegado. O crânio já está no Departamento Médico Legal (DML) e em até 30 dias um laudo será enviado à Polícia Civil.

A reportagem do Jornal de Gravataí foi até o local do fato, mas a residência estava fechada e ninguém apareceu.

Moradora diz que local nunca teve problemas

Uma moradora que não quis se identificar afirmou que os ocupantes da residência na qual o crânio foi encontrado nunca incomodaram ninguém. “Faz tempo que não os vejo. Nunca vi ou ouvi nada de diferente. A última celebração que fizeram, no dia 2 de fevereiro, foi muito tranquila. Eles ficaram com as portas abertas, inclusive”, relatou.

Delegado descarta relação do caso com crime de Novo Hamburgo

Ainda de acordo com Borba, o crânio encontrado na Morada do Vale I não tem relação com o caso das crianças encontradas mortas em Novo Hamburgo. “Informalmente, a perícia nos disse que, possivelmente, o crânio encontrado seja de uma pessoa adulta. A princípio, a ligação desses dois casos está descartada”, relatou.

Confira imagens do crânio feitas pela Guarda Municipal: