Gravataí | Mulher suspeita de participar de homicídio de jovem é presa | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Gravataí | Mulher suspeita de participar de homicídio de jovem é presa

Gravataí | Mulher suspeita de participar de homicídio de jovem é presa

Suspeita de envolvimento  no caso possui antecedentes criminais por tráfico de drogas, furto, ameaça e dano, entre outros delitos. | Foto: Polícia Civil/ Divulgação

A Delegacia de Homicídios de Gravataí prendeu, neste sábado, uma mulher de 35 anos suspeita de ter participado do homicídio da jovem Thiellen da Cruz Fernandes, de 19 anos, no último dia 8 de outubro, em Gravataí. A vítima não possuía antecedentes criminais.

Conforme a investigação, a mulher presa neste sábado teria executado, além da jovem Thiellen, o jovem Jeremias da Silva Felippe, de 22 anos. O corpo do homem foi encontrado no dia 7 de outubro, também em Gravataí. As mortes contaram com a participação de, pelo menos, outros dois homens, que foram presos recentemente.

De acordo com o titular da Delegacia de Homicídios, delegado Felipe Borba, há indícios de que Thiellen estaria envolvida com o tráfico de drogas. “É provável que ela tenha sido morta por estar se relacionando com um homem que trabalhava como motoboy em uma lancheria vinculada a uma facção criminosa de Gravataí”, contou.

A mulher presa neste sábado possui antecedentes criminais por tráfico de drogas, furto, ameaça e dano, entre outros delitos.

Relembre o caso

No último dia 5 de outubro, Thiellen da Cruz Fernandes saiu da casa onde morava, em Canoas, embarcou em um Uber e não foi mais localizada. Ela teria dito aos parentes que pretendia ir até a residência de uma amiga para preparar alguns currículos, que distribuiria no dia seguinte. No dia 8 de outubro, o corpo de Thiellen foi encontrado carbonizado, em Gravataí, e foi identificado após exames genéticos realizados pelo Departamento Médico-Legal (DML).