Assassinato de idoso acompanha onda de violência em Gravataí | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Assassinato de idoso acompanha onda de violência em Gravataí

Assassinato de idoso acompanha onda de violência em Gravataí

Empresário foi morto por assaltantes quando chegava em casa

A morte do empresário José Trajano Machado, de 69 anos, ocorrida no bairro Morada do Vale III, na terça-feira, após assaltantes levarem a camionete do idoso, é mais um latrocínio registrado no município. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do RS, de janeiro até junho deste ano, outros três casos de roubo seguido de morte já haviam acontecido na cidade. No mesmo período, 71 homicídios foram registrados.

A 2ª Delegacia de Polícia (DP) de Gravataí investiga o caso. Em contato telefônico, a DP afirmou que, no momento, as investigações estão sob sigilo. O delegado Rafael Sobreiro é o responsável pelo caso.

Em entrevista concedida à RBS TV, Rodrigo de Souza Trajano, filho de José Trajano, afirmou estar desolado. “Ele era uma pessoa muito boa. Totalmente do bem. Não existe segurança em Gravataí”, lamentou.

De acordo com parentes do idoso, esse foi o oitavo assalto  que o empresário sofreu em Gravataí nos últimos oito anos.


O caso

No fim da tarde da última terça-feira, o empresário José Trajano Machado foi morto a tiros ao ter o veículo roubado quando estava chegando em casa, na Rua Amélia Telles, no bairro Morada do Vale III. A vítima foi atingida por pelo menos dois disparos de arma de fogo. Ele chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Padre Jeremias, em Cachoeirinha, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a Brigada Militar, o veículo do idoso, uma caminhonete Hilux de cor prata, foi levado pelos assaltantes e posteriormente encontrado na parada 60, em Gravataí.