Escola no Breno Garcia tem previsão de inaugurar em março | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Escola no Breno Garcia tem previsão de inaugurar em março

Escola no Breno Garcia tem previsão de inaugurar em março

O prefeito Luiz Zaffalon visitou o canteiro de obras da primeira escola municipal de ensino fundamental (Emef) do Residencial Breno Garcia, na parada 103 da ERS-030. A instituição de ensino, que terá o nome de Suely Silveira Soares, mãe do ex-prefeito Marco Alba, atenderá crianças, adolescentes e adultos em nível de Educação Infantil, Ensino Fundamental e ainda na modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA), do maior empreendimento de moradia popular da região Sul do Brasil e suas adjacências.

“A educação é ponto fundamental na formação do cidadão e sempre foi uma das maiores prioridades do nosso governo, desde a administração do prefeito Marco Alba. Vamos manter todas as boas ações e ainda ampliá-las”, ressaltou Zaffalon. A previsão de entrega da obra é para o próximo mês de março, conforme a construtora responsável.

A Emef Suely Silveira Soares é o primeiro equipamento público de Ensino Fundamental instalado no residencial, que conta com 2.025 famílias moradoras. Uma vez instalada, ela atenderá crianças e alunos a partir dos quatro anos de idade, ofertando pré-escola, Ensino Fundamental regular e EJA. O objetivo é oportunizar uma educação de qualidade e sem precedentes naquela região, bem como o aumento do elenco dos direitos protegidos para milhares de famílias de Gravataí que outrora moravam em áreas de risco.

Além da inauguração desta edificação de ensino, o governo do prefeito Zaffalon manteve o sistema de ensino Aprende Brasil, que unifica a educação do município, e ainda a distribuição de uniforme e kit de material escolar para todos os alunos da rede pública municipal. “Para continuarmos crescendo e nos desenvolvendo economicamente precisamos investir naqueles que são o nosso futuro, nas crianças. Por isso, as ações na área da educação serão, inclusive ampliadas.”

A obra

A Emef Suely Silveira Soares está localizada na Rua Coqueiro do Sul, em uma área construída de 3.247,89 metros quadrados. Nos três turnos, serão 800 alunos atendidos. A obra custará em torno de R$ 4 milhões, por meio de financiamento com a Caixa Econômica Federal.

O projeto modelo conta com 12 salas de aula, laboratório de informática, biblioteca e ginásio de esportes, entre outras instalações. A obra está sendo executada pela empresa Elo Construções e Instalações e está na sua fase final.