Decretada a prisão preventiva de homem que matou cadela com mais de 15 golpes de facão | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Decretada a prisão preventiva de homem que matou cadela com mais de 15 golpes de facão

Decretada a prisão preventiva de homem que matou cadela com mais de 15 golpes de facão

O homem que matou uma cadela, no último final de semana, em Gravataí, teve a prisão preventiva decretada na segunda-feira (9/11). Ele foi enquadrado na nova lei de maus-tratos a animais, sem fiança e com pena de dois a cinco anos de prisão em casos de agressões ou morte de cães e gatos. Ele, que tem 24 anos, desferiu mais de 15 golpes de fação no amimal por achar que a cachorra havia matado uma de suas galinhas. Chamada de Alemoa por moradores do bairro Mato Alto, a cadela tinha seis filhotes. Ela foi abandonada em um terreno baldio e passou a ser cuidada por moradores da região. A violência contra o animal ocorreu na noite de sábado (7/11) e foi percebida no domingo (8/11). Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Os filhotes foram encaminhados para adoção.