As principais reclamações dos consumidores de Gravataí | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

As principais reclamações dos consumidores de Gravataí

As principais reclamações dos consumidores de Gravataí

As maiores queixas são em relação à telefonia, TV por assinatura, compras pela internet e produtos que apresentaram defeitos

Comprou aquele aparelho eletrônico que sempre sonhou, mas chegou em casa e sonho virou pesadelo? Fez aquela compra pela internet, mas na hora de receber o produto não funcionou como deveria? Descubra nesta matéria como proceder nestes casos e como se prevenir de problemas semelhantes na hora de fechar o negócio, em lojas físicas e virtuais. Há ferramentas na internet e também estabelecidas fisicamente, como o Procon, que  é um Órgão vinculado à Prefeitura Municipal de Gravataí, que atua na Proteção e Defesa dos Direitos dos Consumidores.

O PROCON Municipal atende aproximadamente 1.200 consumidores mensalmente. As principais queixas são em relação à telefonia, TV por assinatura, compras pela internet e produtos que apresentaram defeitos. O órgão ainda salienta que houve alguns avanços recentes referente aos Direitos dos Consumidores, nesses casos.

No caso de compras não presenciais, realizadas por telefone ou internet, o Direito de Arrependimento pode ser aplicado, conforme o artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor. A utilização deste direito não pode gerar qualquer ônus ao consumidor. O órgão ainda ressalta que o consumidor deve conferir o produto na hora do recebimento, e se possível, testar o equipamento antes de assinar o recibo de entrega.

” Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço…”

Outra reclamação constante de consumidores no município é o tempo de espera nos atendimentos de agências bancárias, formando grandes filas. Para isso, há uma lei municipal que entrou em vigor em 2013, limitando o tempo de espera nos caixas e atendimento pessoal ao cliente. O limite máximo permitido é de 30 minutos, nos dias de maior movimentação, e 15 minutos para os demais. Os atendimentos preferenciais correspondem à metade dos prazos.

#DICAS IMPORTANTES:

– Sempre que possível o consumidor deve testar o produto no ato da compra, principalmente eletrônicos, como celulares, notebooks, tablets, etc.;

– Nas aquisições via internet o consumidor deve certificar-se da idoneidade e credibilidade do fornecedor antes de realizar a compra. Muito comum consumidores realizarem a compra e não receberem o produto;

– Guardar a nota fiscal, pois ela é a prova concreta do seu direito;

– Exigir a ordem de serviço no caso de encaminhamento à assistência técnica;

No mundo virtual, os índices de reclamações e atendimentos servem como um termômetro na  hora da compra. Muitos consumidores, que fazem compras online, costumam consultar sites de reclamações e qualificação de vendedores antes de fechar qualquer negócio na rede. Um destes sites é o Reclame Aqui, que atua há 13 anos no mercado como um canal de comunicação entre consumidores e empresas de todo o país. O portal foi criado por Maurício Vargas após ter problemas com uma companhia aérea e ser mal correspondido quando precisou reclamar. O site funciona como um intermediário entre consumidor e empresa, expondo a reclamação e dando espaço para resposta, e criando rankings de acordo com a satisfação.

Fazendo uma busca pela cidade de Gravataí no site, encontramos diversas reclamações de consumidores insatisfeitos com os serviços de água e esgoto no município, que tem a Corsan como responsável. A empresa de transporte coletivo, a Sogil, aparece como segunda empresa que tem mais reclamações na cidade, principalmente referente ao atraso nos horários e lotação dos ônibus. Ainda na lista, com reclamações variadas, desde preços errados até portas de emergência fechadas, está o Supermercado Carrefour, no centro do município.