Anunciada previsão de datas para a retomada de atividades econômicas em Gravataí | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Anunciada previsão de datas para a retomada de atividades econômicas em Gravataí

Anunciada previsão de datas para a retomada de atividades econômicas em Gravataí

O prefeito de Gravataí Marco Alba divulgou na tarde deste domingo (5/4), novos prazos para a retomada de atividades econômicas do município, adequando-se a orientações previstas no Decreto 55.154, do governo do Estado. Os estabelecimentos da construção civil estão liberados para retomar o funcionamento a partir desta terça-feira, 7 de abril. Já a atividade industrial retornará na segunda-feira da próxima semana, dia 13 de abril.
Para o comércio, de acordo com a proibição feita pelo Decreto 55.154 do governo estadual, a data prevista para abertura é a partir de 16 de abril, quinta-feira da outra semana. Quanto às redes de ensino, tanto privada como pública, em princípio, a suspensão das aulas segue até o dia 30 de abril. “Essas medidas serão detalhadas em decreto que publicaremos nesta segunda-feira (6/4)”, afirmou o prefeito Marco Alba.

“A Prefeitura está trabalhando em várias frentes, seja na orientação da população, na mobilização da sociedade ou no reforço das estruturas de saúde, para melhor capacitarmos Gravataí no enfrentamento ao Covid-19”, reiterou o prefeito.

O secretário municipal de Saúde Jean Torman anunciou para esta terça-feira, 7 de abril, o começo da construção da estrutura de apoio junto ao estacionamento do Hospital Dom João Becker, na rua Dr. Luiz Bastos do Prado, no Centro. O objetivo é reforçar o sistema de saúde pública de Gravataí no tratamento de pacientes contaminados pelo Covid-19. O local deverá ter dez leitos de internação, central de triagem, serviço de enfermagem e coleta de exames laboratoriais.

No mesmo dia também terá início a instalação de um espaço similar junto ao PAM 24H. “Estamos intensificando a execução do plano de ação da Prefeitura, no sentido de ampliarmos ao máximo as condições da nossa rede de atendimento, mesmo diante dos desafios da falta de recursos”, ressaltou Jean Torman.

Outras orientações

AGÊNCIAS BANCÁRIAS – O prefeito Marco Alba fez um apelo especial às gerências dos bancos de Gravataí, pedindo que sejam providenciadas medidas que preservem a saúde dos clientes, além de seus funcionários. A preocupação do prefeito é porque nos próximos dias o movimento na rede bancária aumentará, em função do recebimento de salários. “Se não houver o cumprimento dessas medidas, não está descartado rever a liberação para funcionamento”, alertou o prefeito.

IGREJAS – Com relação à presença em igreja e em demais espaços religiosos, está liberada a presença de até 30 pessoas, mas sem a realização de cultos ou cerimônias. Não há nenhuma restrição para que esses locais se mantenham abertos, desde que seja apenas para uma breve passagem de frequentadores, evitando aglomerações. “É um local de orações, precisamos entender isso, mas as pessoas também precisam respeitar as normas coletivas, que é um esforço de toda a cidade”.

VACINA PARA IDOSOS – O prefeito fez um apelo especial aos idosos: “Por favor, não procurem os postos para vacinação nos próximos dias, porque ainda não recebemos mais doses dos governos federal e estadual. Dependemos deles”. A orientação do prefeito é para que os idosos acompanhem as informações pelos meios oficiais da Prefeitura, como o site e Facebook. “É um momento em que todos precisam assumir responsabilidades, seja na condição de quem tem de tomar as decisões em nome de coletivo, que é o caso dos governantes, assim como cada cidadão, em respeito ao próximo. Só assim vamos superar esse momento de desafio”, finalizou o prefeito.

OS MOMENTOS MAIS DIFÍCEIS – “Estamos no começo de um período muito difícil. É preciso a união de toda a comunidade para enfrentarmos o Codiv-19. Se a população não colaborar e cada um fazer sua parte, podemos a qualquer momento impor restrições mais severas, inclusive tudo que está sendo autorizado a funcionar, para garantir o respeito e a vida dos nossos cidadãos”, conclamou Marco Alba.