Turno vespertino da Escola Etelvina Silveira Vieira é mantido | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Turno vespertino da Escola Etelvina Silveira Vieira é mantido

Turno vespertino da Escola Etelvina Silveira Vieira é mantido

A comunidade da Escola Estadual Etelvina Silveira Vieira celebrou na tarde desta quarta-feira, 11, o anúncio de que a instituição não terá mais o turno vespertino das aulas suspenso. Atendendo ao pedido de apoio, a Prefeitura intermediou uma reunião junto à 28ª Coordenadoria Regional de Educação, que resultou em um acordo para manter o funcionamento das aulas no período da tarde.
O prefeito interino Nadir Rocha falou da satisfação de poder ajudar a comunidade, em nome da Prefeitura. “Essa é uma conquista de todos. Como governo que há mais de quatro anos prima pela Educação, não poderíamos deixar de dar o nosso apoio e fazer o que estava ao nosso alcance para auxiliar na manutenção do turno” disse Nadir Rocha, falando à comunidade escolar sobre os avanços na área da educação municipal como a distribuição de uniformes escolares e materiais pedagógicos, a contratação de vigias escolares, as rondas da Patrulha Escolar realizadas pela Guarda Municipal e a instalação de gradil de concreto em várias instituições municipais de ensino.
A diretora da escola, Maria Elisângela Justin, fez um agradecimento especial à Prefeitura pela intervenção nas tratativas junto ao Governo do Estado. “Ficamos extremamente agradecidos pela ajuda recebida. Entendemos as dificuldades financeiras do Governo Estadual, mas nossos alunos merecem continuar tendo a possibilidade de dois turnos para o aprendizado. Muito obrigada, em nome dos pais e de toda a nossa comunidade”, agradeceu.
A coordenadora da 28ª CRE, Marta Ávila, explicou que esta foi a primeira missão recebida desde que assumiu a gestão do órgão há 10 dias e que já conhecia a demanda desde o último ano. “Ainda no fim do ano passado o então prefeito Marco Alba me solicitou que ficasse ao par desta situação e marcasse uma reunião com a Secretaria Estadual de Educação e também com a direção da escola para resolver o impasse. Com muita felicidade hoje estamos aqui comunicando que o desejo da comunidade imperou e que o turno será mantido” explicou, ressaltando que a previsão de fechamento das turmas integrava um planejamento administrativo para contenção de despesas do Governo do Estado, devido à crise financeira que o Rio Grande do Sul atravessa. A secretária municipal da Educação, Sonia Oliveira, também esteve presente e cumprimentou a comunidade pela conquista.