Leio Sim | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Leio Sim

Leio Sim

Romances de Época

Para as apaixonadas por romances, hoje trago dois do meu estilo preferido: o de época, com bailes, babados, casamentos e cavalheirismos. O segundo romance também mistura junto o sobrenatural, com vampiros e lobisomens.

 

Ligeiramente Maliciosos, Mary Balogh, editora Arqueiro*

LIGEIRAMENTE_MALICIOSOS_1428432146417020SK1428432146B

Quem acompanha minha coluna sabe que eu adoro esses livros de romances de época. Eles vieram com tudo e tem feito grande sucesso de um ano para cá. São histórias que me prendem, que chamam a atenção. Com Ligeiramente Maliciosos não é diferente. Apesar de eu não ter lido o primeiro livro da série Os Bedwyn, Ligeiramente Casados, o bom dessas sequências é que você pode acompanha-las da metade em diante sem se perder na história, já que elas contam enredos distintos de membros de uma mesma família. Nessa história, temos um romance muito bonito, diferente dos contos de fadas, mas com leves toques de “Cinderela”. Rannulf Bedwyn encontra, no meio da estrada, uma diligência tombada. Se oferecendo para ir buscar ajuda, ele enxerga uma linda jovem de cabelos vermelhos e olhos verdes penetrantes. Desejando-a, ele a convida para acompanha-lo em seu cavalo. A jovem, Judith Law, que sempre foi certinha, seguindo as orientações de sua família, vê ali a esperança de ter uma aventura. Assumindo um papel de uma atriz chamada Claire Campbell, ela aceita o convite. Disposta a seguir em frente com a aventura, ela aceita dividir um quarto e a cama com Rannulf, que se apresenta como Ralf Bedard. Depois de duas noites de amor, os dois se separam para nunca mais se verem. Judith segue para a casa de sua tia, onde ela sabe que será tratada como uma reles criada. A prima mimada, Julianne, está à procura de um noivo e organiza diversos eventos para conseguir conquistar um filho de um duque. Ninguém mais, ninguém menos que Rannulf Bedwyn, que demora um tempo para reconhecer Judith nos trajes de criada e com os cabelos escondidos. A história é muito bonita, com protagonistas inteligentes, não apenas a donzela em perigo, mas uma moça corajosa, e não apenas o cavalheiro salvador da pátria, mas um humano, apaixonado.

 

Alma?, Gail Carriger

ALMA__1363878036B

Esse romance também é de época, mas de uma forma diferente: ele tem sobrenaturais, vampiros, lobisomens, convivendo junto com a alta sociedade. Alma? Tem já lançadas as sequências de Metamorfose? e Inocência? Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Em primeiro lugar, ela não tem alma. Em segundo, é solteirona e filha de italiano. Em terceiro, acaba sendo atacada sem a menor educação por um vampiro, o que foge a todas as regras de etiqueta. E agora? Pelo visto, tudo vai de mal a pior, pois a srta. Tarabotti mata sem querer o vampiro ― ocasião em que a Rainha Vitória envia o assustador Lorde Maccon (temperamental, bagunceiro, lindo de morrer e lobisomem) para investigar o ocorrido. Com vampiros inesperados aparecendo e os esperados desaparecendo, todos parecem achar que a srta. Tarabotti é a responsável. Será que ela conseguirá descobrir o que realmente está acontecendo na alta sociedade londrina? Será que seu dom de sem alma para anular poderes sobrenaturais acabará se revelando útil ou apenas constrangedor? No fim das contas, quem é o verdadeiro inimigo, e… será que vai ter torta de melado? Uma das séries de Steampunk mais cultuada do mundo.

 

*Editora Arqueiro – Com a missão de publicar histórias empolgantes, tornar os livros cada vez mais acessíveis e despertar o amor pela leitura, a Editora Arqueiro é uma homenagem a Geraldo Jordão Pereira, uma figura extraordinária, capaz de enxergar mais além, mirar nas coisas verdadeiramente importantes e não perder o idealismo e a esperança diante dos desafios e contratempos da vida.