Coluna: EREÇÃO | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Coluna: EREÇÃO

Coluna: EREÇÃO

Tenho recebido pedidos para falar um pouco sobre Ereção, quais os distúrbios, técnicas que podem auxiliar, que tipos de medicamentos são indicados, entre outros questionamentos, então seguem algumas informações e dicas.

O mecanismo da ereção depende basicamente de dois fatores, um é o cérebro, pois parte dele o estímulo psicológico para que a estrutura do pênis se enerve, para isso a concentração também é fundamental, que, na grande maioria das vezes está diretamente ligada a libido e ao desejo. A outra é a parte é física, que se trata da forma que o corpo trabalha bombeando sangue para a musculatura peniana e estimulando os corpos cavernosos, provocando uma vasodilatação que resulta da ereção.

O uso dos medicamentos específicos para ereção, tornou-se um aliado para a qualidade de vida sexual de muitos homens, a grande maioria destes, são muito seguros e apresentem poucos efeitos colaterais, o ideal é que seja sempre recomendado por um médico especialista, porém vamos lembrar que existem outras formas de ter um melhor desempenho. Fatores como uma vida saudável, atividade física regular e exercícios pélvicos (pompoarismo), também podem ajudar na resposta da ereção. Homens muito jovens que fazem uso com frequência destas drogas, podem apresentar uma dependência psíquica dos medicamentos (tem medo de não conseguirem ter ereção e passar vergonha com a parceira).

O que pode interferir e causar a perda de ereção durante o sexo?

Dentre os problemas físicos que podem causar a perda de ereção estão: disfunção erétil, diabetes, hipertensão, distúrbios da tireoide, doenças cardíacas e outros.

Mas quero destacar aqui, as causas mais prováveis para homens que tem uma vida saudável:

·         culpa, o que se passa na nossa cabeça interfere diretamente no corpo;

·         pouca comunicação com a (o) parceira (o), falta de intimidade;

·         sentimentos de dúvida e fracasso, medo de falhar, ansiedade, raiva;

·         memória sexual (ocorreu a perda uma vez, sempre lembra, até conseguir novamente);

Exercícios de Pompoarismo (fortalecimento peniano):

Para os homens, o uso desta técnica responde diretamente no ato sexual, pois com a frequência dos exercicios o membro passa a ficar mais tonificado (podendo até aumentar de tamanho – entre 1 a 2 cm e espessura) dando mais prazer a parceira (o), ajuda também, no controle da ereção, mas prioritariamente faz com que o homem tenha uma consciência corporal maior, retardando a ejaculação e potencializando o seu orgasmo.

Urina: primeiro e mais fácil de todos os exercícios é o da Urina. Consiste na interrupção dos jatos, tentando segura-los por até 30 segundos. Fazer em todas as vezes que urinar.

Força:  deitado de costas, faça força para que o pênis (com ou sem ereção) se aproxime em direção ao umbigo sem o auxilio das mãos, talvez no inicio haja dificuldade, mas com o passar do tempo você começara a ver os resultados na ereção, principalmente durante o ato sexual.