Alimentação e atividade física | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Alimentação e atividade física

Alimentação e atividade física

ALIMENTAÇÃO E ATIVIDADE FÍSICA 1

Para garantir os benefícios da atividade física, é preciso seguir uma dieta equilibrada, consumindo os alimentos adequados. Por isso, nas proximas semanas estarei dando algumas dicas.

Se você costuma fazer exercícios após o almoço ou jantar, prefira uma refeição leve e espere, pelo menos, duas horas. Equilibre carboidrato, proteína e gordura boa, pois estes itens darão energia suficiente para a malhação.

E nunca esqueça de ingerir muita água. Ela é importante antes, durante e depois das atividades físicas, pois hidrata o corpo e mantém a temperatura equilibrada.

Produtos ricos em fibras, como os cereais, são exemplos de alimentos que possuem baixo índice glicêmico e devem ser incorporados à dieta. Esses alimentos, além de não elevarem os níveis de açúcar no sangue rapidamente, ainda diminuem a tendência do organismo de acumular gordura. Outro ponto positivo é que garantem uma sensação de saciedade prolongada. O ideal é consumir antes de praticar exercícios.

Os sucos de frutas são importantes aliados de quem pratica atividade física, pois após o exercício o músculo precisa acelerar o processo de recuperação. E os sucos são a opção mais adequada para repor a energia. O ideal é consumir até 30 minutos depois da atividade física.

Já para quem prefere comer frutas, consuma um pote de salada salpicada com aveia, mel e canela em pó antes dos exercícios. Ou, se preferir, uma banana com uma colher de sobremesa de aveia e mel.

 

ALIMENTAÇÃO E ATIVIDADE FÍSICA 2

Continuando as dicas sobre alimentação equilibrada para praticantes de atividade fisica, seguem mais dicas.

A batata doce é outro importante aliada do esportista. Composta de carboidratos de baixo índice glicêmico, seu consumo – recomendado após as atividades – é importante porque possibilita que as lesões ocasionadas no músculo sejam regeneradas. No entanto, é necessário dosar a quantidade, pois é um alimento calórico: 100 gramas possuem 86 calorias.

A mandioca também possui baixo IG, e seu carboidrato é aos poucos transformado em energia, o que ajuda durante o treino. E assim como a batata doce, precisa ser ingerida com cautela, pois 100 gramas têm 125 calorias.

Carnes vermelhas e brancas, como peixes e frango, são excelentes fontes de proteína. As vermelhas têm a seu favor a leucina, um aminoácido que estimula a síntese proteica e regenera a musculatura após a atividade física. No entanto, é recomendado não exagerar no consumo e optar por cortes com menor teor de gordura, como patinho, alcatra e filé mignon.

Já as brancas possuem como suas maiores aliadas a questão de terem pouca gordura saturada, por isso são mais indicadas em dietas. O ideal é consumir carnes após as atividades.