Sobrancelha: realce do olhar | 2M Notícias

Edições Online

Capa Gravataí Capa Cachoeirinha Capa Sto Antonio

Sobrancelha: realce do olhar

Sobrancelha: realce do olhar

por Caroline Weigel/CC

Há alguns anos, a sobrancelha não era uma preocupação das mulheres. Até mesmo quando pagavam por uma maquiagem, não se preocupavam com o desenho dela, apenas com os olhos e a boca.

De uns tempos para cá, porém, essa realidade mudou. Cada vez mais surgem estabelecimentos e profissionais dedicados a embelezar a mulher por meio da sobrancelha. E também a procura aumentou muito: as pessoas começaram a enxergar que ali está grande parte do realce do olhar.

Márcia Brasil, da Mary Estética e ministrante do curso de Micropigmentação que está sendo ofertado na Bell – Escola de Estética Facial e Corporal – explica que as mulheres estão em busca de valorização do olhar e descobriram na sobrancelha essa possibilidade. “A sobrancelha é como um lifting, rejuvenesce cinco anos. Ela fala por nós, o que eu quero mostrar para o mundo? Entra como uma marca pessoal e transmite atitude”, valoriza.

A procura por sobrancelhas delineadas e bonitas é tendência; além disso, muitas clientes optam por naturalidade para realçar o olhar. Assim, estão trocando a definitiva por outras técnicas, como a micropigmentação

A procura por sobrancelhas delineadas e bonitas é tendência; além disso, muitas clientes optam por naturalidade para realçar o olhar. Assim, estão trocando a definitiva por outras técnicas, como a micropigmentação

Márcia também acrescenta que existe uma falta de esclarecimento do quanto é importante a sobrancelha. “Toda a semana eu recebo gente que nunca se deu conta da importância da sobrancelha para a beleza facial. Então eu faço uma das sobrancelhas e mostro para a pessoa notar a diferença. A primeira reação é estranharem, porque o novo assusta. Mas depois que a cliente se acostuma, ela acaba percebendo o quanto muda a feição do rosto, o olhar. Os amigos perguntam o que a pessoa fez de diferente e na verdade ela só mudou a sobrancelha”, ressalta.

Márcia Brasil ministra o curso de Micropigmentação na Bell – Escola de Estética Facial e Corporal, em Cachoeirinha, e ensina como desenvolver bem a técnica para satisfazer a cliente e realçar seu olhar. As alunas aprendem praticando; a micropigmentação lembra uma tatuagem, mas com diferenças, como o tipo de pigmento e o tamanho da agulha, que é muito pequena

Márcia Brasil ministra o curso de Micropigmentação na Bell – Escola de Estética Facial e Corporal, em Cachoeirinha, e ensina como desenvolver bem a técnica para satisfazer a cliente e realçar seu olhar. As alunas aprendem praticando; a micropigmentação lembra uma tatuagem, mas com diferenças, como o tipo de pigmento e o tamanho da agulha, que é muito pequena

Técnica de Micropigmentação

A micropigmentação é uma técnica para cobrir falhas da sobrancelha. Existem diversas formas de executar a micropigmentação: fio a fio 3D, fio delicado, hiper-realista, sombreada, entre outras.

“Ninguém quer mais uma sobrancelha definitiva, as pessoas querem que pareça o mais natural possível. E a micropigmentação te dá isso, essa delicadeza e naturalidade”, explica Márcia.

O primeiro passo, segundo a profissional, é entender a necessidade da cliente, o que ela busca, o que ela quer expressar. “Eu converso com a cliente, vejo o que ela quer, o que ela está pensando. Tem gente que prefere mais alta, outras mais grossa, outras mais discreta. Então varia de pessoa para pessoa. Depois eu faço o design, calculo as medidas do rosto dela para fazer o ideal e depois fazemos a soma do que a cliente quer com o que o rosto comporta”, descreve.

Definido o modelo de sobrancelha, a cliente assina um Termo autorizando a micropigmentação e se passa então ao procedimento, que dura, em média 2h e custa cerca de R$ 450.

A micropigmentação tem duração de um ano e meio e alguns profissionais, como a Márcia Brasil, optam por incluir junto um retoque, mas que não é obrigatório. É usada uma microagulha e todo o material ou é coberto com plástico ou descartável – como a agulha, por exemplo. O equipamento é importado.

“O procedimento dói, é ardido. Lembra uma tatuagem, mas a agulha é muito mais fina e o pigmento utilizado é diferente também”, conta. O desenho acompanha a linha dos fios, e Márcia frisa que, nesse procedimento, menos é mais: “O profissional tem que sempre cuidar ao máximo. É preferível que fique mais claro ou mais fino o traço, porque ainda tem como arrumar. Agora se ficar escuro ou grosso e a cliente acabar não gostando, o valor para remover, por exemplo, é muito alto”.

Os tipos de sobrancelha. O importante é que a profissional escute a cliente e entenda o que ela quer; depois faça a soma das medidas do rosto da cliente com seu gosto e descubra a sobrancelha ideal para cada uma

Os tipos de sobrancelha. O importante é que a profissional escute a cliente e entenda o que ela quer; depois faça a soma das medidas do rosto da cliente com seu gosto e descubra a sobrancelha ideal para cada uma

Cuidados depois do procedimento

Quando a micropigmentação estiver pronta, a cliente precisa ter alguns cuidados na hora da cicatrização. A profissional passa uma pomada cicatrizante, que deve ficar no rosto durante uma hora. Depois, a cliente precisa limpar com algodão e água gelada.

“O segredo da cicatrização é água e gelo. Nos dois primeiros dias deve se fazer compressas com gelo três vezes ao dia e limpar de hora em hora com água gelada e algodão. O corpo produz líquido para cicatrizar e isso vira uma casquinha, só que se essa casquinha sair ela elimina 50% do pigmento. Então queremos evitar a casquinha, por isso limpar de hora em hora é fundamental”, explica Márcia. Para dormir, pode ser passada a pomada Bepantol ou vaselina. “Se enxergar que a sobrancelha brilhou, se passa o algodão”.

Especialização

Bruna Santana estuda medicina veterinária e como muitas disciplinas são à tarde, ela não consegue trabalhar fora. Antes ela já trabalhava com design de sobrancelhas e agora está buscando a especialização da micropigmentação para conseguir uma renda extra.

Aline Valente é design de sobrancelhas e trabalha há quatro anos com essa profissão. Tamara Pereira também está no mercado há três anos e meio como design. Para elas, os principais erros na hora de fazer uma sobrancelha partem das profissionais. “Erros de tirar demais, afinar, as vezes a própria pessoa faz a sobrancelha em casa”, menciona Aline.

Márcia Brasil completa: “Quando procuram uma designer é porque elas querem a solução. Já passaram por outros locais e já tentaram até mesmo em casa arrumar, mas não conseguiram”.

A Bell – Escola de Estética Facial e Corporal realiza diversos cursos profissionalizantes. O telefone para contato é o 3041-6599 ou o 8125-8101 (WhatsApp).